Não estou preocupado com os outros candidatos disse Humberto Leite sobre disputa entre Jacú e Beija-Flor


Últimos Comentários



Enquete


Blog

Imagens mostram briga que matou estudante na saída de escola em MS

A morte da estudante Luana Vieira Gregório, 15 anos, esfaqueada após uma briga, perto da escola onde estudava,  na Vila Bordon, na quarta-feira (11), emCampo Grande, é investigada pela Delegacia Especializada de Atendimento à Infância e Juventude (Deaij). A informação é da delegada Rozeman Rodrigues. Outra adolescente, amiga de Luana, também ficou ferida depois de uma briga generalizada no local.

A Escola Estadual José Ferreira Barbosa suspendeu as aulas nesta quinta-feira (12) por conta da morte. Alunos e colegas de Luana foram até o local e se vestiram de preto como protesto à morte da estudante.

A briga filmada por alunos mostra a confusão envolvendo vários estudantes e o momento em que uma das vítimas é esfaqueada. No dia da confusão, a escola confirmou ao G1 que a suspeita da agressão é aluna do local e estudava na mesma sala que a vítima.

Luana está sendo velada em uma capela na rua 13 de maio e deve ser enterrada às 14h (de MS) no Cemitério Jardim das Palmeiras. No velório, familiares e amigos da adolescente também afirmaram que a suspeita de agressão estudava na mesma sala que a vítima e disseram ainda que a faca usada no crime teria sido levada até o colégio por outra pessoa.

Confusão
Segundo a Polícia Militar (PM), a suspeita, de 16 anos, teria começado a briga alegando que a vítima estava com um perfume que causava alergia a ela. As aulas do período matutino terminaram às 11h20 e, dez minutos depois, as adolescentes começaram a brigar na rua do colégio, conforme a PM.

Outros jovens, alguns estudantes da escola, também se envolveram na confusão, totalizando cerca de 20 pessoas. Funcionários e moradores da rua tentaram dar fim à briga, que só acabou com as garotas feridas.

O Corpo de Bombeiros foi até o local, mas a adolescente já tinha sido levada por familiares para uma Unidade de Pronto Atendimento. Em seguida, ela foi transferida pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) para a Santa Casa de Campo Grande.

Segundo a assessoria de imprensa do hospital, as facadas atingiram o fígado da adolescente. Ela foi encaminhada para o centro cirúrgico e morreu na tarde de quarta-feira. A outra ferida, atingida na perna, recebeu atendimento em uma Unidade de Pronto Atendimento.

Fonte:G1




Colunistas


Classificados