Solução definitiva do problema é algo meio complicado
diz secretário de Infraestrutura ponte que liga Santo Antônio de Jesus à cidade de Muniz Ferreiira 0



Últimos Comentários



Enquete


Blog

Política

0 17:09 - 31 de Jul // Laiane Santos | Política

O Tribunal Regional Eleitoral reprovou as prestações de contas de campanha eleitoral de 275 candidatos não eleitos no pleito do ano passado para os cargos de governador, senador, e deputados federal e estadual. O julgamento das contas foi realizado nesta quinta-feira e analisou dos dados de 936 candidatos.

Os postulantes que tiveram as contas desaprovadas estão sujeitos à investigação a ser realizada pela Procuradoria Regional Eleitoral, que analisará se houve algum crime eleitoral praticado durante as respectivas campanhas.

Segundo o TRE-BA, apenas 64 contas receberam aprovação e outras 357 foram aprovadas com ressalvas (quando verificadas falhas que não comprometem a regularidade). Além disso, outros 346 concorrentes aos cargos não cumpriram com a obrigação eleitoral, e suas contas foram declaradas não prestadas. As contas dos candidatos eleitos foram apreciadas no final do ano passado.

Os candidatos que não prestaram contas ficam inadimplentes com a Justiça Eleitoral, sem poder retirar a certidão de quitação (documento necessário para o pedido de registro de candidatura eleitoral) por quatro anos. (Bocão News)

0 16:36 - 31 de Jul // Laiane Santos | Política

Em tom de voz elevado, o presidente da CPI da Petrobras, deputado Hugo Motta (PMDB-PB), disse nesta sexta-feira (31) que a advogada de delatores da Operação Lava Jato, Beatriz Catta Preta, precisará revelar quem estaria ameaçando-a, conforme revelou em entrevista à imprensa na quinta-feira (30).

O deputado disse que a CPI não recuará de sua decisão de convocá-la a depor mesmo com a decisão do STF (Supremo Tribunal Federal) que a desobriga de falar aos deputados. Segundo Motta, a decisão favorável à advogada não era esperada mas ele disse que ela terá oportunidade de revelar na CPI quem a intimida.

— Ela tem de esclarecer isso [as intimidações]. A CPI quer saber quem estaria ameaçando-a. A CPI não ameaça ninguém, mas a CPI quer saber quem a intimida já que ela diz que está sendo intimidada.

O deputado ainda disse que há indícios de que Catta Preta cometeu atos ilícitos mas não disse quais teriam sido eles.

A advogada abandonou a defesa dos acusados na Operação Lava Jato e fechou seu escritório de advocacia em São Paulo (SP), segundo ela, depois que requerimento de convocação para falar à CPI sobre a origem do dinheiro que paga seus serviços foi aprovado e depois que seu cliente, o executivo Julio Camargo incriminou o presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ). 

0 16:31 - 31 de Jul // Laiane Santos | Política

Que a vereadora Cátia Rodrigues (Pros) trabalha “para o pessoal da igreja”, já é de conhecimento público. Nesta sexta-feira (31), um projeto de lei de sua autoria publicado no Diário Oficial do Legislativo deixa ainda mais clara sua disposição em servir aos religiosos. A vereadora propôs que os templos religioso de Salvador tenham prioridade processual das ações de imunidade tributária. No projeto de lei, Cátia invoca o art. 150, inciso VI, alínea B, da Constituição Federal – que veda a cobrança de impostos sobre templos de qualquer culto -, para sugerir que “todos os processos administrativos, extrajudiciais dos incisos abaixo: dos pedidos de anulação de lançamentos tributários; declaratórios de inexistência de declaração jurídico-tributário; reconhecimento de repetição do indébito; pedido de consignação e pagamento por débitos anteriores; compensação tributária” sejam contemplados com tratamento célere no âmbito administrativo da prefeitura de Salvador. Na justificativa do texto, Cátia afirma que busca “promover melhor eficácia das práticas tributárias, valorizando as intervenções corretas e retificando as irregulares” para beneficiar os templos religiosos. A vereadora, porém, não explica por quê os templos deveriam ser priorizados na análise dos processos. (Bahia Notícias)

0 16:05 - 31 de Jul // Laiane Santos | Política

Em meio à crise "política, econômica e ética" - como disse o tucano Beto Richa - a presidente Dilma Rousseff conquistou uma "vitória simbólica" ao reunir, na quinta-feira, 30, no Palácio do Alvorada todos os 27 governadores, na avaliação do cientista político e professor da Fundação Getulio Vargas Marco Antônio Carvalho Teixeira. O especialista acredita que o encontro tem "peso do ponto de vista simbólico e político", mas pondera que não é possível saber a efetividade do encontro antes do retorno do recesso parlamentar.

"O efeito prático dos governadores na preservação do ajuste fiscal vai depender do contexto em que o Congresso vai retomar os trabalhos. Ao que tudo indica, o ambiente será mais tenso", avalia o cientista político, citando as denúncias sobre o presidente da Câmara e ora opositor Eduardo Cunha (PMDB-RJ) e as suspeitas sobre suas tentativas de influenciar a CPI da Petrobras.

Ao pedir a ajuda de governadores para desarmar bombas fiscais, o governo usa uma estratégia diferente de relação com o Congresso. Temendo o efeito cascata que as medidas teriam nas contas dos Estados, já endividados, os governadores prometeram colaborar. A tática, segundo Teixeira, pode ser efetiva em alguns casos. "Obviamente que os governadores têm algum peso sobre as bancadas, mas funciona em determinados contextos e em outros, não. No momento, com o ajuste, o governo federal tem pouco a oferecer aos governadores", pondera.

Eduardo Cunha

O professor destaca que Eduardo Cunha, principal obstáculo ao governo no Congresso Nacional, está sob pressão por conta das acusações de receber propina e de interferir nas investigações da CPI da Petrobras, o que torna o cenário da volta do recesso mais incerto. "Há um grupo de manifestantes pró-impeachment acampados na porta do Cunha pedindo que ele dê prosseguimento aos pedidos. É uma das cartas que ele ainda tem na manga", avalia Teixeira. Com informações do Estadão Conteúdo. (Notícias ao Minuto)

0 23:46 - 30 de Jul // Vagner Santos | Política

A advogada Beatriz Catta Preta afirmou em entrevista nesta quinta-feira (30) ao Jornal Nacional que decidiu deixar os casos dos clientes que defendia na Operação Lava Jato porque se sentia ameaçada e intimidada por integrantes da CPI da Petrobras. Ela disse que, devido às supostas ameaças, fechou o escritório e decidiu abandonar a carreira.

0 20:22 - 29 de Jul // Laiane Santos | Política

O ministro-chefe da Secretaria de Aviação Civil, Eliseu Padilha, confirmou nesta quarta-feira, 29, que a presidente Dilma Rousseff vai vetar o reajuste aos aposentados que ganham acima do mínimo, aprovado pelo Congresso, no início do mês de julho. Um dos responsáveis pela articulação política do governo, o ministro Eliseu Padilha disse que "esta conta é impagável" e "a solução é vetar". "Não tem outra saída", emendou.

Hoje vence o prazo para a presidente Dilma Rousseff decidir o que fazer com o projeto que, originalmente, pretendia apenas prorrogar até 2019 a política de valorização do salário mínimo. No entanto, os deputados estenderam, na Câmara, o mesmo reajuste, acima da inflação, também para as aposentadoria, pensões e benefícios pagos pela Previdência a quem ganha acima do mínimo.

No Senado, o texto que promovia recuperação do mínimo e que reajustava as demais aposentadorias foram separados, permitindo que a presidente Dilma Rousseff vetasse apenas a parte que o Planalto considera "insustentável" para as contas públicas.

Hoje, Dilma vetará esta parte que estende para todos os aposentados o cálculo da mesma reposição do mínimo. O gasto estimado pela Previdência é de R$ 9,2 bilhões extras por ano. Com informações do Estadão Conteúdo. (Notícias ao Minuto)

0 20:20 - 29 de Jul // Laiane Santos | Política

Na tarde desta quinta-feira (30), o governador da Bahia, Rui Costa, irá se reunir com a presidente Dilma Rousseff, às 16h, no Palácio do Planalto, em Brasília. O enconto, que também contará com a presença dos 26 governadores, tem objetivo de unificar um pacto pela governabilidade.

Rui Costa elogiou a atitude da presidente e garantiu que vai propor que esses encontros se tornem regulares. “A presidenta e os governadores precisam se unir e dar soluções para essas questões essenciais [segurança pública e novas fontes de financiamento para a saúde] na vida da população”, afirmou Rui. (Metro1)

0 17:58 - 29 de Jul // Laiane Santos | Política

O Tribunal de Contas do Estado (TCE) divulgou nesta quarta-feira (29) as contas do exercício financeiro referentes ao último ano de gestão do ex-governador da Bahia Jaques Wagner. A documentação pode ser consultada na íntegra pela população que acessar o site do TCE. De acordo com o Tribunal, a divulgação obedece a exigências legais e atende o objetivo de estimular participação da sociedade na fiscalização e no controle das contas públicas, além de atender a previsão da Lei de Responsabilidade Fiscal. No mês de setembro, o TCE se comprometeu a divulgar uma "versão cidadão" do relatório, com ilustrações e linguagem que favoreça o entendimento.

A prestação de contas do ex-governador foi aprovada com recomendações pelo plenário do TCE e encaminhado à Assembleia Legislativa da Bahia no último dia 18 de junho. O julgamento da prestação de contas é de competência do Poder Legislativo. No site oficial do TCE, podem ser acessados documentos como o Relatório e o Parecer Prévio sobre as Contas do Chefe do Poder Executivo, demonstrações Contábeis Consolidadas do Estado, Relatório Anual de Governo e Relatório Anual da Avaliação Parcial da Execução do Plano Plurianual (PPA) de 2012 a 2015. (Metro1)

0 10:14 - 29 de Jul // Laiane Santos | Política

A gestão do prefeito de Salvador, ACM Neto (DEM), tem aprovação de 82% da população, de acordo com pesquisa feita pelo Instituto Paraná Pesquisas e divulgada pelo Correio nesta quarta-feira (29). A pesquisa aponta que, além de superar as expectativas de 58,3% dos entrevistados, Neto tem aprovação superior a 80% em quatro recortes: sexo, idade, escolaridade e classe social - a única exceção está entre pessoas das classes D e E, em que a aprovação cai para 69,6%. A faixa também é a que tem o maior índice de reprovação, com 30,4%. A pesquisa ainda aponta que Neto venceria as eleições de 2016 no primeiro turno, com folga, em cenários contra Nelson Pelegrino ou Jaques Wagner (ambos do PT), Lídice da Mata (PSB), Alice Portugal (PCdoB) e Antônio Brito (PTB). O grau de confiança da pesquisa é de 95%. (Bahia Notícias)

0 09:42 - 29 de Jul // Laiane Santos | Política

O apresentador José Luiz Datena confirmou que será candidato a prefeito de São Paulo em 2016 pelo Partido Progressista (PP). Ele participou de uma reunião na noite desta terça-feira (28) com o deputado federal Guilherme Mussi e o estadual Antonio Assunção de Olim, que deve ser o vice de sua chapa. As informações são da coluna de Flávio Ricco.

O jornalista afirmou ainda que deve sair candidato em uma chapa “puro sangue”, sem coligação com outras legendas. Sobre a tarefa de governar uma metrópole como São Paulo, disse que poucos conhecem tão bem os problemas da cidade como ele.

Em 2012, o PP saiu junto com o PT em apoio à candidatura do atual prefeito paulistano, Fernando Haddad, alvo principal das críticas de Datena em seu programa televisivo. À época, a polêmica foto do petista e do ex-presidente Lula com o dirigente pepista Paulo Maluf gerou uma série de críticas e resultou no afastamento de Luiza Erundina, acertada como vice da chapa de Haddad.

A candidatura de Datena também representa uma mudança radical de opinião do jornalista. Em outubro de 2012, em entrevista ao jornalista Maurício Stycer no UOL Vê TV, o apresentador criticou Celso Russomanno, que disputou a prefeitura de São Paulo naquele ano. Ele dizia considerar “injusto” um comunicador se aproveitar da fama para conquistar votos na política, dizendo que se considerava uma “porcaria como administrador”, prevendo que seria um “péssimo político”.(Portal Fórum)

0 08:04 - 29 de Jul // Laiane Santos | Política

Dois anos e sete meses após tomar posse do cargo, o prefeito de Salvador, ACM Neto (DEM),  segue com a popularidade em alta. A gestão do democrata é aprovada por 82% dos soteropolitanos, aponta levantamento divulgado ontem pelo Instituto Paraná Pesquisas.

Os novos números confirmam o bom resultado obtido por Neto nas duas últimas pesquisas sobre a avaliação dos prefeitos das maiores capitais do país, feitas pelo Vox Populi em janeiro e dezembro do ano passado. Em ambas, ocupou a primeira posição no ranking, com índice de bom e ótimo de 51% e 61%, respectivamente.

Na nova pesquisa, apenas 15,3% dos entrevistados desaprovam a gestão do prefeito, enquanto 2,7% não souberam ou não quiseram opinar. Para 58,3%, a administração é melhor do que a expectativa que tinham. Outros 29,7% consideram a performance de Neto igual ao esperado, enquanto 8,8% acham pior.

O Paraná Pesquisas também mediu a avaliação do prefeito através de quatro recortes: sexo, idade, classe social e escolaridade. Entre os homens, ACM Neto obteve 83,6% de aprovação, ligeiramente superior ao índice positivo atribuído ao prefeito pelas mulheres, que foi de 80,6%.

A aprovação de Neto foi superior a 80% em quatro das cinco faixas etárias da pesquisa: dos 16 aos 24, dos 25 aos 34, dos 45 aos 59 e a partir dos 60 anos. O mais baixo percentual, de 77,7%,  se deu entre os entrevistados com idade entre 35 e 44 anos. 

0 07:52 - 29 de Jul // Laiane Santos | Política

Em resposta à recente entrevista do ministro Joaquim Levy, que chamou os parlamentares à responsabilidade da crise financeira, o presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ) disse:

"Talvez ele não saiba lidar com a economia ou com o Congresso. Todas as medidas do ajuste fiscal foram aprovadas. Não foi o Congresso que deprimiu a economia", afirmou nesta terça-feira (28).

Sobre a perspectiva de rebaixamento da nota de classificação de risco do Brasil, ele afirmou que essa é uma constatação que indica "deterioração da atividade econômica e incapacidade de cumprir os compromissos".

Cunha esteve com o ministro do Planejamento, Nelson Barbosa, na noite desta terça-feira (28), para discutir a proposta de revisão da meta fiscal anunciada semana passada. (247)

0 21:47 - 28 de Jul // Laiane Santos | Política

Tramita na Câmara dos Deputados o Projeto de Lei 35/15, do deputado Sergio Vidigal (PDT-ES), que possibilita à administração pública exigir que a empresa vencedora da licitação contrate presidiários ou ex-detentos para a execução do contrato em editais referentes a obras ou serviços em estabelecimentos prisionais. De acordo com a Agência Câmara Notícias, a proposta altera a Lei das Licitações (Lei 8.666/93). Pelo projeto, nos casos em que houver essa exigência, o edital da licitação deverá prever o quantitativo, os termos e as condições para a contratação dessas pessoas. Atualmente, essa lei não prevê normas para o emprego de pessoas específicas em obras ou serviços em prisões. O conteúdo do texto já havia sido apresentado à Casa anteriormente pela ex-deputada federal Sueli Vidigal (PDT), por meio do Projeto de Lei 6808/10, mas foi arquivado ao final da legislatura. Sérgio Vidigal considera que o projeto continua "oportuno e atual". Para a ex-deputada, o governo federal, ao formular e concretizar as políticas públicas penitenciárias, deve empreender melhorias e adequações na prestação dos serviços, além de buscar alternativas coerentes com a Constituição. Dessa forma, “é fundamental o trabalho para o presidiário e para o egresso, como forma de garantir seus direitos fundamentais à ressocialização”, argumentou. Caso o projeto seja aprovado, não se aplicará as licitações cujos editais já tenham sido publicados. A proposta foi apensada ao PL 4014/12. Ambas serão analisadas, em caráter conclusivo pelas comissões de Trabalho, de Administração e Serviço Público; de Segurança Pública e Combate ao Crime Organizado; de Finanças e Tributação (inclusive quanto ao mérito); e Constituição e Justiça e de Cidadania. (Bahia Notícias)

0 20:04 - 28 de Jul // Laiane Santos | Política

A adesão do PSDB às manifestações pelo impeachment da presidente Dilma Rousseff que ocorrerão no dia 16 de agosto foi classificada pelo governador do Paraná, Beto Richa, como “desnecessária”. Segundo informações do jornal O Estado de S. Paulo, para o tucano, até os participantes dos protestos não aceitam a presença de partidos e políticos nos atos. "Com todo respeito, nem sempre há unanimidade nos entendimentos, acho que é desnecessário. Tivemos grandes manifestações no Brasil inteiro com chamamentos espontâneos", disse. Apesar de ressaltar que respeita a opinião do senador Aécio Neves (MG), que anunciou nesta segunda-feira (27) que o partido irá convocar a população para as manifestações, Richa teme que a participação do PSDB pode ser considerada como revanchismo. "Acho que é desnecessário até para não ser explorado de forma indevida - uma atuação, coordenação e convocação - por partidos adversários. Pode parecer um revanchismo, [se] explorado maldosamente", afirmou o governador, que vê o impeachment como uma “medida extrema”. Questionado sobre o encontro com governadores que será promovido nesta quinta (30) pela presidente, Richa falou, segundo Estadão, que é preciso assumir a responsabilidade para ajudar o país a passar pela crise. "Governos de oposição, de situação, todos acabamos sendo atingidos com esta grave crise, sobretudo nas arrecadações. Não ir pode parecer um boicote e um desprezo à realidade que o Brasil enfrenta", pontuou. (Bahia Notícias)

0 14:55 - 28 de Jul // Djalma Macedo | Opinião
O prefeito Humberto Leite comentou, em recente entrevista, a respeito do apoio vital do deputado Rogério Andrade ao sucesso da sua campanha. Especialmente num momento em que já tinha perdido o apoio de importantes lideranças.  
Da parte do deputado, o que se comenta nos bastidores é de que o gestor não teria ouvido seu amigo para tomar decisões na indicação do secretariado.
Há quem diga que é a imprensa que tem alimentado a discórdia entre as duas lideranças mas o que se nota é que não se vê os dois juntos no mesmo evento, em várias oportunidades e quando o prefeito realiza eventos também não o convida.
Enquanto isso, o deputado não se comporta como opositor mas sim como alguém que quer um vôo maior, ganhando o apoio do empresariado local que não foi ouvido pelo prefeito e que agora busca uma nova representatividade no poder público municipal.
Léo Valente
 
 
0 22:42 - 27 de Jul // Laiane Santos | Justiça

O deputado estadual Soldado Prisco (PSDB) voltou a integrar o quadro da Polícia Militar da Bahia (PM-BA), depois de 13 anos.Em entrevista a rádio Andaiá FM  Marco Prisco fala sobre a notícia da reintegração. O mesmo afirma que ficou surpreso com a reintegração, pois já se completa a sétima decisão, porém não cumprida pelo estado, pensando até que seria preciso tomar medidas de pedir ao desembargador prisão ou multa ao estado pelo não cumprimento das decisões. “Já temos a decisão desde 2010, do Pleno Tribunal de Justiça, o Supremo Tribunal Eleitoral e o estado não vinha cumprindo.” disse Marco Prisco.

Exercendo o mandato de deputado, ele diz que era muito discriminado, por ser um ex-policial, afirma não ter sido demitido por algum ato criminal como muitos pensam, que se trata agora de uma questão moral e ética que sente-se agora com seu direito reconquistado “Ia fazer 14 anos agora em Janeiro, eu fui demitido de uma forma absurda e arbitrária, então é uma vitória muito importante.” afirmou. O deputado usou de seu exemplo para estímulo das pessoas, dizendo que vale a pena lutar e acreditar na vida.

Marco Prisco está seguro de sua reintegração, diz não temer deixar novamente a polícia porque não cabe mais decisão ao governo do estado. Seus advogados estão com recursos de solicitação ao pedido judiciário para retificar o texto da PGE, e acabaram os caminhos do estado recorrer. “Espero que o estado cumpra a lei”. continuou o mesmo.

Em relação à absorção dos policiais que mataram 12 jovens no Cabula no mês de Fevereiro, Marco Prisco avaliou como atitude positiva da justiça, uma vez que, segundo ele e a juíza do caso, os policiais agiram em legítima defesa, o armamento e fardamento do exército apreendido provam a inocência dos policiais, que estavam a serviço da sociedade, contra pessoas à margem da lei.

Quanto às suas expectativas políticas, o deputado pretende cumprir seu mandato, não tem pretensão de ser candidato a prefeito da cidade de Santo Antônio de Jesus. No entanto, afirma que vai cobrar uma gestão melhor do prefeito que for eleito, menciona que a cidade está carente de melhorias em alguns aspectos (não citados), “Não serei candidato a prefeito, vou analisar quem a gente vai apoiar nessa eleição. Mas vou manter meu mandato junto à nossa categoria que é um acordo que eu tenho, de ser representante legítimo dela.” concluiu. 

0 19:32 - 27 de Jul // Laiane Santos | Política

O presidente da Câmara, deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ), afirmou nesta segunda-feira (27), em almoço com empresários em São Paulo, que não tem aspirações políticas para disputar a Presidência da República em 2018.

Referindo-se a ele mesmo na terceira pessoa, afirmou, durante encontro do Lide (Grupo de Líderes Empresariais), que pretende apenas completar seu mandato na Câmara. 

— O Cunha quer cumprir o seu papel institucional. Criar as condições para a melhoria de vida da população. [...] Não sou candidato a nada. Sou candidato a fazer o que eu prometi na minha campanha. [...] Talvez possa ser reeleito [deputado federal].

Mas após anunciar há duas semanas seu rompimento com a presidente Dilma e o Governo, Cunha afirmou que o governo teme a continuidade do seu trabalho no comando da Casa.

— Claramente o Executivo teme a continuidade do nosso trabalho.

0 18:49 - 27 de Jul // Laiane Santos | Política

São Paulo - Num almoço com empresários realizado nesta segunda-feira, o presidente da Câmara Eduardo Cunha (PMDB-RJ) usou boa parte do seu discurso para criticar o governo de Dilma Rousseff e defender a independência do Legislativo.

Enquanto a plateia almoçava, Cunha alternava na sua fala críticas à política econômica atual com explicações detalhadas sobre o regimento da Casa que comanda desde fevereiro deste ano.

A cada comentário mais inflamado - como quando falou sobre a abertura da CPI do BNDES ou sobre seu arrependimento de ter votado a favor da aliança do PMDB com o PT - aplausos enchiam o recinto.

0 18:32 - 27 de Jul // Laiane Santos | Política

Detido em um presídio na suíça acusado de corrupção no futebol, o ex-presidente da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), José Maria Marin, lamentou ter de responder o processo no país europeu. De acordo com o 'Blog do Perrone', do site Uol, em conversa com seus advogados, o cartola afirmou que não estaria preso se estivesse no Brasil. "Se esse processo fosse no Brasil, eu não estaria preso”, disse Marin. 

Preso desde o dia 27 de maio, quando foi detido em um hotel de Zurique, dias antes da reunião que selou a reeleição do presidente Joseph Blatter no comando da Fifa, Marin, acredita que só foi preso porque comentou em uma conversa com o réu confesso J.Hawilla, que já era hora do dinheiro das cotas de TV ir na sua direção. Marin deve ser extraditado para os Estados Unidos, onde as investigações estão acontecendo. Aos 83 anos, Marin teme me não sair vivo caso seja julgado no país americano, onde pode ser condenado por lavagem de dinheiro e conspiração. 

A resposta da Suíça sobre o pedido de extradição de José Marin para o Estados Unidos, feito pela Justiça americana, deve sair no mês de agosto. Marin chegou a anexar contratos assinados por Ricardo Teixeira em sua defesa. A Polícia Federal também está investigando contratos assinados pela CBF, entre eles um acordo com a empresa de materiais esportivos Nike. (Correio)

0 17:56 - 27 de Jul // Laiane Santos | Política

O senador Aécio Neves (PSDB-MG) afirmou que os tucanos vão fazer diversas convocações para protestos contra o governo da presidente Dilma Rousseff (PT). Segundo o presidente nacional do PSDB, algumas inserções de rádio e televisão já estão sendo gravadas para convocar a população para as manifestações marcadas para o dia 16 de agosto. Apesar de afirmar que o PSDB não deve ser protagonista dos protestos, Aécio mudou o tom e agora afirma que a legenda não pode se omitir neste momento. "Nosso esforço nessa relargada será mostrar uma grande sintonia entre as principais lideranças do PSDB. Temos que estar sintonizados com as ruas e com a população cada vez mais indignada com o que está acontecendo", disse o tucano.

A previsão é de que as propagandas comecem a ser veiculadas nesta semana. De acordo com o senador, a propaganda do PSDB vai tratar da indignação dos cidadãos em relação às ações do governo. "Aqueles que estiverem indignados ou até mesmo arrependidos mas, principalmente, cansados, devem sim se movimentar, ir às ruas", declarou. (Metro1)

0 14:14 - 27 de Jul // Djalma Macedo | Política

O chefe do Executivo municipal santoantoniense, Humberto Leite, prestigiou a Feira do Agricultor, ocorrida na zona rural do município no último domingo ( 26 ).  Na ocasião ele respondeu à pergunta do repórter Tino Alves a respeito da Expomandioca evento que não acontceu no ano passado, deixando expectativa de que venha a acontecer novamente este ano.

" Esse evento ficou muito descaracterizado. O povo ficava esperando até dez horas da noite para vir aos shows e não para ver as palestras e exposições da classe agrícola", comentou.

Ainda em relação à Expomandioca, o gestor comentou a possibilidade de levar o evento à zona rural, mais próxima do homem do campo.

Também na oportunidade, o prefeito falou a respeito da previsão de entrega da obra da Praça Padre Mateus. " Estamos esperando a melhora do tempo. Temos que ter paciência porque um dia o tempo vai melhorar e a gente vai poder voltar a trabalhar no mesmo ritmo. Eu acredito que se não for em outubro, será em novembro".

Quantos aos comentários de bastidores sobre mudanças no seu secretariado, o prefeito se pronunciou dizendo que "quando há fumaça há fogo".  "Existem algumas articulações, isso é normal acontecer", disse.

Celso Rommel / Blog do Valente

0 14:11 - 27 de Jul // Djalma Macedo | Política
Presente à Feira do Agricultor realizada no Espaço Tabocal no último domingo ( 26 ), o deputado estadual Rogério Andrade comentou acerca da insatisfação popular com relação à situação da estrada interligando Santo Antônio de Jesus a Amargosa, situação que tem gerado graves protestos da comunidade, inclusive com a interdição da via em várias oportunidades.  
"Eu lamento muito que tantos deputados tenham sido votados em Santo Antônio de Jesus e depois fique só a gente lutando por melhorias. O governador garantiu que mandará licitar essa nova estrada e nós esperamos que isso aconteça o mais rápido possível", disse.
No evento, o deputado não se esquivou em responder a respeito do seu relacionamento com o prefeito Humberto Leite. " Fizemos duas parcerias vitoriosas e esperamos que isso aconteça de novo. Ele me ajudou eu o ajudei e não tem porque a gente não continuar caminhando juntos. Não tenho nada contra o prefeito Humberto Leite".
Questionado sobre uma possível pré candidatura à Prefeitura Municipal de Santo Antônio de Jesus, o deputado preferiu deixar a resposta no ar: " Eu sou candidato a continuar ajudando Santo Antônio de Jesus".
Celso Rommel / Blog do Valente

 

0 11:08 - 27 de Jul // Laiane Santos | Política

O governador Rui Costa, durante o evento de assinatura da ordem de serviço para o início das obras do Plano de Reabilitação do Centro Antigo de Salvador, projeto que prevê a requalificação em cerca de 200 ruas da região, comentou sobre a burocracia da prefeitura da capital baiana para a liberação do alvará das obras, na manhã desta segunda-feira (27).

“Nós temos que reconhecer o trabalho das pessoas. Houve burocracia da prefeitura para liberar o alvará da obra. Precisamos acabar com a burocracia neste país. Hoje estamos dando a ordem de serviço de uma coisa grande. Estamos com uma visão geral do Centro”, afirmou. O governador disse ainda que é preciso cuidar da parte física do bairro [Centro]. “Quero mais cultura, mais educação”, completou. (Metro1)

0 08:21 - 27 de Jul // Laiane Santos | Política
A presidente Dilma Rousseff sinaliza para uma possível reforma ministerial assim que o ajuste fiscal for aprovado no Congresso Nacional. Segundo informações da coluna Cláudio Humberto, do site Diário do Poder, a petista deve promover a mudança de ministérios, como propõe o PMDB, o que para ela era um tabu. 
Dentre as alterações, Dilma também admite “abrir mão” de ministros como José Eduardo Cardozo (Justiça) e Aloizio Mercadante (Casa Civil), cuja saída é reivindicada por aclamação, entre aliados e o ex-chefe Lula.
Outro ministro que será trocado por conta da tímida atuação é Manoel Dias (Trabalho). Há menos de cem dias no cargo, o ministro do Turismo deixará o cargo com um novo apelido que circula nos corredores da capital brasileira: “Henrique Alves, o Breve”. O ministro Henrique Alves e criticado por nada fazer e por não haver se demitido após seu padrinho Eduardo Cunha haver rompido com Dilma. (Bocão News)
0 08:18 - 27 de Jul // Laiane Santos | Política
O ex-presidente da OAS, Léo Pinheiro, avaliou que são praticamente inexistentes as chances de a Lava Jato vir a ser anulada na Justiça. Essa possibilidade chegou a ser usada como argumento por alguns advogados da empreiteira que consideram que Pinheiro deve continuar calado. Outros defensores, mesmo não tendo simpatia pela ideia da delação, mostraram ao executivo que esta seria a única chance de ele evitar terminar seus dias encarcerado e quebrado financeiramente.
 Essa ala avalia que a delação livraria Pinheiro de uma condenação em regime fechado e daria margem para a negociação de uma multa mais branda e aumentaria suas chances de continuar trabalhando como consultor, não mais como presidente. Segundo a revista Veja, o empreiteiro possui três bancas encarregadas da sua defesa: em São Paulo, Curitiba e Brasília.
 Nesse sábado (25), a equipe de Curitiba, contrária à delação, divulgou uma nota em que nega "respeitosamente" que o cliente tenha intenção de fechar um acordo com a Justiça em troca de redução da pena, como revelou a revista nessa semana. "Se negociaram a delação do Léo sem eu saber, abandono a defesa dele, porque sou radicalmente contra isso", afirmou o advogado Edward Carvalho. As tratativas do acordo de Pinheiro estão sendo feitas na Procuradoria da República em Brasília. Além de informações sobre a participação no petrolão do ex-presidente Lula, de quem é amigo, o ex-presidente da OAS prometeu entregar ao Ministério Público uma lista de políticos beneficiados pelo esquema.
 A queda de braço ficou visível diante da publicação da Veja mostrando que o executivo tinha se colocado à disposição para fazer delação premiada. Em seguida, o jurídico emitiu nota afirmando que Léo Pinheiro não tem essa intenção. (Bocão News)
 
0 06:48 - 27 de Jul // Laiane Santos | Política
Preso, o presidente da Odebrecht, Marcelo Odebrecht, que já era magro, perdeu vários quilos na cadeia, de acordo com informações da colunista Monica Bergamo. Ainda segundo a publicação, a empreiteira também se prepara para a eventualidade de um enxugamento futuro em consequência da Lava Jato e da crise econômica.
 
Na esteira da crise que está levando a empresa inclusive a ser investigada no exterior, interlocutores da família de Marcelo Odebrecht já pronunciam a palavra "delação", antes considerada tabu na empreiteira. Os advogados do conglomerado seguem rechaçando a ideia.
 
A colunista afirma que de acordo com um interlocutor com acesso a Emílio Odebrecht, pai de Marcelo, colaborar com a Justiça, até agora, significaria "perder um negócio que fatura cerca de R$ 110 bilhões por ano". A possibilidade de, mesmo sem a delação, o conglomerado sofrer forte abalo poderia mudar o raciocínio. (BocãoNews)
0 06:35 - 27 de Jul // Laiane Santos | Política

Na opinião do Ministro da Fazenda, Joaquim Levy, a recessão econômica enfrentada pelo país não é causada pelo ajuste fiscal iniciado pelo governo. Segundo Levy,  o ajuste será responsável por menos da metade da retração do PIB e, portanto, não tem porque levar a culpa sobre o problema.

De acordo com o Uol, a política fiscal e econômica brasileira sofreram um baque de credibilidade após reduzir sua meta de superavit primário de 1,1% para 0,15% do PIB. O fato comemorado pelos petistas, por outro lado, pode levar o Banco Central a manter o ritmo de aperto na taxa de juros. (Metro1)

0 22:27 - 25 de Jul // Vagner Santos | Política

A defesa do executivo da OAS Léo Pinheiro reafirmou em entrevista ao Estadão que a reportagem publicada pela Veja neste final de semana é "mentirosa e irresponsável". A revista, mais uma vez, emplacou que Pinheiro, depois de ter passado pela carceragem da Polícia Federal de Curitiba e ser mandado para prisão domiciliar, refletiu melhor e autorizou seus advogados a negociarem um acordo de delação premiada com o Ministério Público Federal. Veja afirmou que Pinheiro prometeu entregar o que sabe sobre Lula à Lava Jato. Ao Estadão, os advogados disseram que sequer há a intenção de fazer o acordo de cooperação.

0 21:33 - 24 de Jul // Laiane Santos | Política
Cumprindo mais uma agenda de demandas para a cidade, o Vereador Sargento Vinícius contou com o empenho do deputado Rogério Andrade para realizar nesta quinta (23), importante reunião com o objetivo de ampliar o apoio na atração de uma unidade do Colégio da Polícia Militar – CPM para Santo Antônio de Jesus. Em visita ao Comando da Polícia Militar da Bahia, o Sargento e o Deputado esclareceram pontos estruturais da realidade do município que favorecem a vinda do CPM. Para o Deputado, “o Coronel Anselmo Brandão foi bastante sensível ao pleito e não tenho dúvidas que ele fará o possível para atender, naquilo que estiver ao alcance da Polícia Militar”. Já o vereador Vinícius apontou que “é uma luta, pois apesar de está previsto em Lei, outras importantes cidades estão no pleito. Seguiremos firmes, afinal não há vitória sem o suor do enfrentamento!”. O próximo passo será junto ao Governador Rui Costa, com a força do Deputado Rogério Andrade.
 O Sargento também se reuniu com o Secretario Estadual de Infraestrutura, Marcos Cavalcanti. Na pauta, a solicitação do vereador sobre a disponibilidade dos Tratores do Derba – que ainda estão parados após a extinção do órgão, em favor das comunidades rurais, o que o secretário analisará nos próximos dias. Na oportunidade, o Deputado ainda tratou da reativação das obras da segunda etapa do pólo industrial de Santo Antônio de Jesus e reiterou seus pedidos de requalificação das estradas de Amargosa e de questões da cidade de Itatim, com a participação do Prefeito Gilmar Nogueira.

De modo geral Vinícius avaliou o dia como produtivo, “no primeiro encontro ficamos ainda mais convencidos da importância do CPM para Santo Antônio de Jesus e que essa luta é válida não apenas para os policiais militares da região, mas, sobretudo, para todo o conjunto da sociedade por ter mais uma instituição de credibilidade ofertada para todos. Já a reunião com o Secretario Marcos Cavalcanti, nos trouxe a clareza de como nosso deputado tem ajudado a cidade e a região." disse.

0 17:13 - 24 de Jul // Laiane Santos | Economia

Tá achando a gasolina cara? Ao que tudo indica, os deputados baianos não estão muito preocupados com essa questão. Somente nos últimos seis meses, juntos, eles gastaram R$ 624 mil combustíveis e lubrificantes, foi o que mostrou o levantamento feito pela coluna Satélite junto ao Portal de Transparência da Câmara.

Com a gasolina variando entre R$ 3,25, a bagatela rende o equivalente a 192 mil litros, combustível suficiente para abastecer 3.840 tanques de 50 litros.  Segundo os dados disponibilizados, cada parlamentar destinou, em média, cerca de R$ 16 mil da cota mensal repassada pelo Legislativo no período.

O líder da gastança é o deputado Paulo Magalhães (PSD), que destinou  R$ 28.193 para combustível e lubrificantes. Logo atrás vem Félix Mendonça Júnior (PDT) e Daniel Almeida (PCdoB), que informaram gastos de R$ 27.180 e R$ 26.429, respectivamente.  Mas, nem tudo está perdido. Na contramão da ostentação aparecem os deputados Cacá Leão (PP), com R$ 2.567,08, seguido por Irmão Lázaro (PSC) e Bebeto Galvão (PSB), com aproximadamente R$ 3,9 mil gastos. (Metro1)

0 21:55 - 22 de Jul // Laiane Santos | Política

Um Projeto de Lei que torna obrigatória a inclusão do cartão de débito entre as formas de pagamento nas praças de pedágio sob administração do Estado ou de concessionárias foi apresentado pelo líder da oposição, deputado Sandro Régis (DEM), na Assembleia Legislativa da Bahia.

Para Régis, a utilização do cartão de débito ou crédito como forma de pagamento de produtos e serviços é uma prática frequente e cada vez mais utilizada, sendo necessária, portanto, a sua urgente regulamentação nos pedágios. "Até por uma questão de segurança as pessoas não circulam mais com dinheiro", lembrou. (Metro1)

0 07:41 - 22 de Jul // Laiane Santos | Política

O ministro da Fazenda, Joaquim Levy, não descarta que os cortes nos gastos realizados pelo governo federal possam ser ampliados. “O governo já cortou e, obviamente, vai analisar se há necessidade de cortar mais. Vai tomar as medidas cabíveis. Também vai olhar a meta e ver se, dentro da situação, se tem que agir, e agir no cabível”, afirmou o titular da pasta, em entrevista a jornalistas. Levy ainda afirmou que a análise do cenário será feita de maneira transparente, conforme já sinalizado pelo governo pelo Planalto. Nesta quarta-feira (22), o governo vai divulgar o relatório de revisão de despesas e receitas de 2015, que deve confirmar ou alterar a meta de superávit primário deste ano, que é de R$ 66,3 bilhões, sendo R$ 55,3 bilhões na área federal. (Bahia Notícias)

0 20:45 - 21 de Jul // Laiane Santos | Política

O Plenário da Câmara dos Deputados deve votar em agosto, em segundo turno, a proposta de emenda à Constituição (PEC 171/93) que reduz a maioridade penal de 18 para 16 anos nos casos de crimes hediondos – como estupro e latrocínio – e também para homicídio doloso e lesão corporal seguida de morte. De acordo com a Agência Câmara Notícias, o texto foi aprovado em primeiro turno no início de julho. Com 323 votos favoráveis e 155 contrários, o Plenário aprovou uma proposta um pouco mais branda do que a que havia sido rejeitada um dia antes, por não ter atingido número suficiente de votos. A matéria aprovada foi uma emenda apresentada pelos deputados Rogério Rosso (PSD-DF) e André Moura (PSC-SE). Esse texto excluiu da proposta inicialmente rejeitada os crimes de tráfico de drogas, tortura, terrorismo, lesão corporal grave e roubo qualificado entre aqueles que justificariam a redução da maioridade. Pela emenda aprovada, os jovens de 16 e 17 anos deverão cumprir a pena em estabelecimento separado dos adolescentes que cumprem medidas socioeducativas e dos maiores de 18 anos. (Bahia Notícias)

0 20:35 - 21 de Jul // Laiane Santos | Política

A cantora Margareth Menezes apresentou, na tarde desta terça-feira (21), projetos culturais ao governador da Bahia, Rui Costa. O encontro dos dois aconteceu na Governadoria, no Centro Administrativo da Bahia (CAB), em Salvador. Durante o encontro, Margareth falou das realizações na Associação Fábrica Cultural, da qual é idealizadora, e discutiu as obras de revitalização da sede da organização, um casarão localizado na orla da Ribeira. “A Fábrica Cultural existe há 11 anos e o que estamos pretendendo agora é a efetivação da nossa sede, que terá espaço para oficinas de teatro e várias salas para a realização de cursos profissionalizantes. Este é um equipamento que vai proporcionar uma melhoria na qualidade de vida dos jovens da Península de Itapagipe”, explicou a cantora. Apoiada pelo Governo do Estado, por meio do Programa Estadual de Incentivo ao Patrocínio Cultural (Fazcultura), a entidade incentiva e organiza a produção cultural de moradores da Península de Itapagipe. “Nós temos diversos projetos, como o MetaCentro, e projetos ligados a reciclagem de produtos eletrônicos e também de lonas, trabalhando com costureiras. Temos o Mercado Iaô, atendendo à parte dos artesões, e que já teve 14 edições, com teatro, dança e gastronomia. E a nova sede vai proporcionar um desenvolvimento social e cultural para a península”, acrescentou Margareth. O secretário de Turismo, Nelson Pelegrino, e o superintendente de Promoção Cultural da Secretaria de Cultura, Alexandre Simões, também participaram da reunião. (Bahia Notícias)

0 19:43 - 21 de Jul // Laiane Santos | Política

O governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB), sancionou, nesta terça-feira, 21, projeto de lei que cria a Promotoria de Combate à Violência Doméstica no Ministério Público Estadual. A promotoria é criada um ano após o MP registrar 64.129 procedimentos de violência contra a mulher - 9,7 mil deles resultando em medidas de proteção contra os agressores.

Até então, casos de agressão eram atendidos pelo Grupo de Enfrentamento à Violência Doméstica (Gevid), criado em setembro de 2012 e com 14 promotores. Agora, a expectativa é que haja 30 promotores atuando neste segmento do MP, em sete núcleos na capital. Ainda não há prazo para início das atividades da promotoria.

"A ideia é que essa promotoria especializada também se ocupe do acompanhamento das politicas públicas. Ficar além da atuação criminal", disse ao jornal O Estado de S. Paulo o procurador-geral do MP, Márcio Elias Rosa. Ele lembrou, por exemplo, da criação do programa Guardiã Maria da Penha, implementado em 2014 em parceria com a Guarda Civil Metropolitana da capital para acompanhar vítimas em medida de proteção.

"Essa demanda não é refletida só nos inquéritos, é um trabalho que vai além do processo, indo até as causas sociais dessa violência, como o machismo", explicou a promotora de Justiça e coordenadora do Gevid, Silvia Chakian.

Em 2014, o jornal mostrou um projeto piloto do MPE em Taboão da Serra, em que os homens agressores passavam por um curso sobre machismo, para que reflitam sobre suas práticas. Segundo Silvia, iniciativas como esta devem ter continuidade com a nova promotoria. Com informações do Estadão Conteúdo. ( Notícias ao Minuto)

0 18:23 - 21 de Jul // Laiane Santos | Política

De malas prontas para deixar o PSC, o deputado Pastor Sargento Isidório diz que sua saída não é “programada, mas sim necessitada” para uma candidatura à prefeitura de Salvador. “Estou ingressando na Justiça Eleitoral, no Ministério Público e pedindo que seja considerada a minha situação de desconforto dentro do partido”, informou, em entrevista ao Bahia Notícias, nesta terça-feira (21). Já tendo mudado de partido várias vezes, indo do PT para o PSC, depois para o PSB e voltando para o PSC, Isidório afirmou que essa mudança de ninho quase que constante é “lamentavelmente culpa do nosso sistema político”. Sem destino certo, o pastor – que se diz ex-gay – classificou como especulação sua ida para o PP. “O vice-governador (João Leão) é meu amigo particular, me ajuda e visita minha instituição. Ele tem um partido político com muito tempo de TV e deve estar pensando em mim, mas ainda vamos tomar a decisão”, apontou. (Bahia Notícias)

0 18:14 - 21 de Jul // Laiane Santos | Política

O vice-presidente da República, Michel Temer (PMDB), afirmou nesta terça-feira (21) que seu partido pode deixar a base do governo ”especialmente se” caso lance candidatura própria em 2018. Segundo informações do jornal Folha de S. Paulo, Temer vai analisar o novo pedido do presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (RJ), para que a sigla deixe o governo. “Ele [Cunha] falou que vai trabalhar muito para que o partido possa se desvincular do governo. É claro que nós, do partido, reiteremos que uma decisão pessoal, e essas decisões são tomadas por instâncias partidárias”, disse Temer, que acrescentou que trata internamente da questão “singelamente, suavemente, com uma questão política e não de atrito pessoal. Jogando água no fogo, não gasolina”. O responsável pela articulação política no Planalto também criticou a postura da oposição. “A oposição deve se opor por uma questão de mérito, não simplesmente porque perdeu”, avaliou. (Bahia Notícias)

0 15:02 - 21 de Jul // Djalma Macedo | Política
Em contato com o programa Andaiá Urgente, o vereador Délcio Mascarenhas comentou a respeito do atual posicionamento do PP no município, legenda que abriga ele e mais dois vereadores na Câmara Municipal.  "Nosso projeto hoje é o de reestruturar o partido para as eleições do ano que vem", afirmou.
O momento para a legenda no município é de cisão, especialmente quando o presidente da Câmara, Luiz do Alto ( PP ) articula obter a presidencia do diretório municipal, inclusive cogitando deixar o partido caso não consiga seu intento.
" Já conversei várias vezes com Luiz, que faz parte dessa nova provisória mas está descartada qualquer tipo de alteração na presidência do partido em Santo Antônio de Jesus e ele sabe disso. Trabalhei muito para que ele voltasse a ser vereador. Temos divergências, decidimos uma coisa e depois aconteceu outra, mas isso não provocou inimizade", comentou.
Celso Rommel / Blog do Valente
0 20:07 - 20 de Jul // Laiane Santos | Política

Responsável pela articulação política, o vice-presidente da República, Michel Temer, afirmou nesta segunda-feira (20) em Nova York (EUA), que rompimento do presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), gerou uma “crisezinha” no cenário político brasileiro. “Na verdade, até existe [no país] uma crisezinha política por causa da posição do presidente Eduardo Cunha, mas crise institucional não existe. Quando eu falo na crise institucional e a diferencio da crise política é para revelar que o país vive, de qualquer maneira, tranquilidade institucional, apesar de todos os embaraços”, disse Temer. Assim como o PMDB afirmou em nota divulgada na última sexta (17), logo após o anúncio feito por Cunha, o vice-presidente classificou a decisão do deputado como pessoal. "Ele [Cunha] até fez questão de registrar esse fato. Posição exclusivamente pessoal, primeiro ponto. Segundo ponto, o partido [PMDB] já se manifestou, dizendo que se tratando de uma questão pessoal, podendo vir a ser avaliada, mas não significa o afastamento do PMDB? Significa sim, o afastamento dele, nada mais do que isso", avaliou. (Bahia Notícias)

0 12:28 - 20 de Jul // Laiane Santos | Bahia

O presidente do PMDB na Bahia, Geddel Vieira Lima, comentou, em entrevista à Rário Metrópole, no início da tarde desta segunda-feira (20), o afastamento oficial do presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB) do governo da presidente Dilma Rousseff (PT), anunciado na última sexta (17).

 “Não tem muito segredo nessa história. Essa coisa de afastamento começou de maneira embrionária com a minha voz. Acho que essa posição vem ganhando ares majoritários no partido. O governo é ruim e o PMDB não participa do processo decisório. O governo não cumpre acordos e a presidente não é uma pessoa talhada para uma função primordial. Ela não tem a capacidade de criar consensos, o que é muito ruim. A posição de Eduardo só fortalece a posições de pessoas como eu que defendiam o afastamento”, defendeu Geddel. 

Apesar de falar em uma “podridão” que atinge o governo com as investigações da Operação Lava Jato, Geddel adota um tom mais ameno ao defender que as acusações contra Cunha sejam apuradas. “Se forem comprovadas as denúncias que se colocam contra ele, ele vai pagar a conta”, disse. (Metro1)




Colunistas


Classificados