Como eu não posso pautar o meu Mandato em coisas tão pequenas, a exemplo das “cores da cidade”, vou focar em embasar as denúncias contra os que se nutrem descaradamente do dinheiro público. E aos fascistas de plantão: Cuidado, sua hora vai chegar! ... Vereador Uberdan Cardoso


Últimos Comentários



Enquete


Blog

Política

0 19:58 - 18 de Abr // Leozinho Valente | Bahia
O deputado estadual Capitão Tadeu (PSB) já fala como novo líder da greve da PM na Bahia, após a prisão do vereador de Salvador, Marco Prisco (PSDB), antigo líder do movimento grevista que foi detido na tarde desta sexta-feira (18), na Costa do Sauipe, no litoral norte baiano. Em entrevista por telefone ao Bahia Notícias, Tadeu diz que passou de moderador a líder por "exigência da tropa" logo após que a informação da prisão de Prisco começou a se espalhar. "Recebi diversos telefonemas e manifestações pelas redes sociais. Foi uma exigência", disse. Segundo a nova liderança grevista da PM, a orientação é que a tropa fique aquartelada, mas que seja garantido o número mínimo de 30% das tropas nas ruas. Questionado se a decisão de retomar a greve sem uma nova assembleia não seria ilegal, Tadeu respondeu que a partir do momento da prisão de Prisco, o acordo foi quebrado. "O governo não cumpriu o acordo de quem ninguém seria punido. Logo, o que foi decidido na assembleia está suspenso, pela quebra de confiança. O governo agiu de má-fé em fazer essa prisão na Semana Santa, quando não seria possível fazer outra assembleia". Ainda segundo Tadeu, a priori, a paralisação só deve acabar quando o governador Jaques Wagner pedir a libertação de Prisco. "Assim como foi ele que pediu a intervenção, que ele peça a revogação", sentenciou.
Fonte:Bahia Notícias
0 19:57 - 18 de Abr // Leozinho Valente | Bahia
A Polícia Federal informou que o vereador Marco Prisco (PSDB), líder das greves da PM de 2012 e 2014 na Bahia, cumprirá seu mandado de prisão preventiva no presídio Federal de Brasília, mais conhecido como 'Complexo da Papuda', para onde será transferido ainda na tarde desta sexta-feira (18). O local é o mesmo que recebeu condenados pelo mensalão do PT. A prisão de Prisco foi realizada no início da tarde desta sexta, quando o vereador estava em um resort na Costa do Sauípe, no litoral baiano, e contou com o apoio da Polícia Rodoviária Federal e da Aeronáutica. O pedido para a sua prisão foi feito pelo Ministério Público Federal na Bahia (MPF-BA), dentro da ação penal movida pelo MPF em abril de 2013, que denunciou sete pessoas entre vereadores, soldados e cabos da PM por diversos crimes, a maioria deles contra a segurança nacional, praticados durante o movimento paredista de 2012. A intenção do pedido de prisão preventiva foi de garantir a ordem pública. De acordo com o MPF, o vereador é processado por crime político grave e qualquer recurso contra sua prisão só poderá ser ajuizado no Supremo Tribunal Federal.
Fonte: Bahia Notícias
 
0 19:53 - 18 de Abr // Leozinho Valente | Bahia

Foram registrados 59 homicídios e 159 roubos de veículos durante a paralisação da Polícia Militar da Bahia, que começou na terça-feira (15) e foi encerrada às 14h30 desta quinta-feira (17).

Segundo informações da Secretaria de Segurança Pública do estado, a quantidade de assassinatos contabilizada nesse período é relacionada à falta de policiamento nas ruas deSalvador e região metropolitana.

De acordo com a SSP, o número foi divulgado nesta sexta-feira (18) pelo Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP). No mesmo período da semana anterior, houve nove homicídios. Somente na quarta-feira, 37 mortes foram registradas em 24 horas.

A Delegacia de Furtos e Roubos de Veículos de Salvador registrou o roubo de 159 carros entre quarta-feira e quinta-feira.

Segundo o delegado titular da unidade, Marcos César Silva, o número é três vezes maior do que o registrado em um dia comum. "Isso aqui está um inferno na terra. O movimento triplicou", disse.

Fonte:G1

0 18:30 - 18 de Abr // Leozinho Valente | Bahia

Com a viagem do prefeito ACM Neto para a Europa, a susbstituta natural é a vice-prefeita Célia Sacramento. Se houver algum impedimento dela assumir, o presidente da Câmara Municipal de Salvador, vereador Paulo Câmara (PSDB), assume. Só que uma confusão foi instaurada na capital baiana porque ninguém consegue localizar a vice-prefeita de Salvador. A Agecom, da Prefeitura, diz que ela está viajando. A Assessoria de Célia Sacramento garante que ela está na capital baiana, mas "incomunicável".

Em contato com a Agência de Comunicação da Prefeitura de Salvador, a primeira informação dava conta de que a vice-prefeita estava viajando e, então, quem assumiria seria o presidente da Câmara Municipal de Salvador, Paulo Câmara.
A reportagem do Bocão News, então, procurou a Assessoria de Comunicação de Célia Sacramento, que garantiu que ela está em Salvador, "mas não poderia conceder entrevista porque estava com a família na sexta-feira santa". A assessoria da vice-prefeita disse que ela viajou para Barcelona, mas por causa da greve da Polícia Militar teria voltado à Salvador na quarta-feira (16), antes do planejado.
A Assessoria da vice-prefeita prometeu, ainda, enviar uma nota oficializando as informações que foram passadas por telefone. Mas nenhum email foi enviado.
Com a informação da Assessoria de Célia Sacramento de que a vice-prefeita estaria em Salvador e "assumiria normalmente", a reportagem retornou o contato para a Agecom, que afirmou desconhecer o fato que a integrante do PV estava em Salvador e explicou que se "caso realmente estivesse", quem assumiria a prefeitura seria ela.
A reportagem do Bocão News tentou contato com o celular e o telefone residencial da vice-prefeita de Salvador, mas ninguém atendeu.
Fonte:Bocão News
0 18:23 - 18 de Abr // Leozinho Valente | Bahia
O deputado estadual Capitão Tadeu (PSB) emitiu em suas redes sociais uma moção de repúdio a prisão do vereador de Salvador Marco Prisco (PSDB), líder da greve da PM na Bahia, e conclamou a tropa para que "suspenda as atividades imediatamente até que o governo providencie a soltura de Prisco". A assessoria de Tadeu confirmou a veracidade da nota publicada no Facebook e disse que o deputado estava em Jacobina quando soube da prisão, mas já está em deslocamento para Salvador, onde pretende assumir o comando da greve. O Bahia Notícias entrou em contato com a assessoria da Secretaria de Segurança Pública, que informou que, por enquanto, não vai tomar nenhuma posição sobre o caso. 
Veja a íntegra do moção de repúdio do deputado Capitão Tadeu, expedido pelo gabinete na AL-BA :
"Mesmo após Marco Prisco, vereador de Salvador, ter assinado um acordo aceitando o final da greve, contrariando inclusive parte da tropa, o governo mais uma vez trai a boa vontade dos policiais e bombeiros militares e manda prender Prisco. A prisão ocorre na data que os cristãos comemoram a Sexta-Feira Santa, um dia após o acordo que pôs fim à greve, caracterizando um ato de traição do governo para com os policiais militares. Dessa forma, neste momento, por exigência dos policiais e bombeiros militares, saio da condição de moderador do movimento reivindicatório e assumo a liderança do mesmo. Assim sendo, conclamo toda a tropa para suspender as atividades IMEDIATAMENTE até que o governo providencie a soltura de Prisco." (clique aqui e veja)
Fonte:Bahia Notícias
0 07:13 - 17 de Abr // Elaine Brito | Política

O deputado estadual Alan Sanches (PSD) endossou a tese de que a motivação para a greve da Polícia Militar, que chega ao terceiro dia nesta quinta-feira (16), é "iminentemente política".

Em contato com o Bahia Notícias, o parlamentar pontuou como determinante o fato de que o movimento tem entre os seus líderes dois dos seus colegas de Assembleia Legislativa, Capitão Tadeu (PSB) e Pastor Sargento Isidório (PSC) – ambos aspirantes à Câmara Federal – e, sobretudo, o vereador Marco Prisco (PSDB), que postula a AL-BA nas eleições de outubro. Por ter despontado como líder da mobilização que ocupou as dependências da Casa em 2012 – também ano eleitoral em que se sagrou edil em Salvador –, de acordo com Sanches, a paralisação este ano para Prisco era um "jogo de cartas marcadas". "Nós temos um candidato que desde o ano passado sabíamos que ia fazer essa greve e o outro é Tadeu. Ambos precisam disso para buscar seus eleitores, mas estão esquecendo o preço que a sociedade está pagando por isso", criticou o deputado.

Segundo ele, a reclamação de que o governo aplicou "estelionato" à categoria, por não ter atendido mais que 20% das propostas discutidas por nove meses no Grupo de Trabalho, não corresponde à realidade. "Fizeram exigências absurdas porque não queriam negociar. Concordo que a categoria tem necessidades e demandas que podem ser discutidas e distorções corrigidas. O governo quer sentar e negociar, mas dessa forma, quando você tem na liderança três candidatos, porque tem até Isidório, não dá. A sociedade tem que entender isso", argumentou Alan Sanches. O custo total da pauta de reivindicações da PM, conforme a administração estadual, é deR$ 600 milhões. (BN)

0 17:59 - 16 de Abr // Nadia Santos | Política

Na tarde desta quarta-feira, 16, por volta das 14h30, a panificadora Santa Rita, localizada no bairro Alto Sobradinho, em Santo Antônio de Jesus, foi vítima de assalto. Segundo informações do Comandante do 14º Batalhão, o Tenente Coronel Luziel Andrade, dois homens chegaram ao estabelecimento em uma motocicleta e anunciaram o assalto.  Sem reação, a pessoa que estava no caixa entregou o dinheiro e os elementos foram embora.  Vale ressaltar que este é o segundo assalto em Santo Antônio de Jesus no mesmo dia, após a Polícia Militar deflagrar greve.

0 17:55 - 16 de Abr // Elaine Brito | Política

O governador Jaques Wagner definiu que a greve da Polícia Militar, anunciada na noite desta terça-feira (15) – sob a liderança do vereador Marco Prisco (PSDB) e do deputado estadual Capitão Tadeu (PSB) –, tem cunho eleitoral. “Esse é um ano eleitoral e óbvio que há uma contaminação, já que duas das lideranças são candidatas. A greve da PM é mais uma demanda política-eleitoral do que uma demanda da categoria, de fato”, insinuou o chefe do Executivo, no primeiro pronunciamento sobre a paralisação, em coletiva de imprensa na tarde desta quarta-feira (16), na sede da Governadoria.

Para o gestor, ainda é “muito cedo” para mensurar os possíveis danos eleitorais com o movimento paredista no pleito de outubro. “Obviamente a população fica desconfortável com a greve”, considerou. Wagner explicou que tentou, pessoalmente, negociar com as associações da polícia. Nos dias 10 e 11, ele mesmo apresentou a proposta inicial para a categoria e ficou acertado que eles voltariam com uma contraproposta. Em vez de dar um retorno, os representantes resolveram marcar a assembleia-geral. De acordo com o governador, não havia negociação de reajuste salarial, mas sim de modernização da corporação. Ele acrescentou que o Estado pagará, uma parte em novembro deste ano e outra parcela em abril, a GAP V, fruto da negociação com o movimento em 2012. 

0 07:38 - 16 de Abr // Elaine Brito | Política

O governador Jaques Wagner, através do seu perfil na rede social Facebook, comentou a decisão da Polícia Militar da Bahia, de deflagrar greve.

"Continuamos abertos ao diálogo, mas ficamos muito surpresos com a deflagração da greve, uma vez que o Governo acatou os pontos solicitados pelas lideranças das associações da polícia militar na negociação anterior à assembleia. Acreditamos no bom senso dos policiais, na esperança de uma solução mais breve possível", disse. (BN)

0 06:46 - 16 de Abr // Léo Valente | Política

O secretário da Segurança Pública Maurício Barbosa deu entrevista coletiva na noite desta terça-feira (15), após o início da greve da Polícia Militar, afirmando que assinou um documento em que o governo se comprometeu a cumprir várias medidas que foram discutidas com o coordenador-geral Marco Prisco em reunião antes da assembleia da categoria.

"Um documento foi assinado por mim, pelo comandante-geral e por um dos líderes das associações. Ficou decidido que estas propostas seriam assumidas pelo governo. Durante a deliberação da categoria, recebi uma ligação desta liderança, informando que estava tudo acertado para a aprovação do que havia sido acordado. Ainda assim, foi decretada a greve", afirmou Barbosa.

Segundo o secretário, já foi pedido ao governo federal a presença do Exército e da Força Nacional para ajudar na segurança de Salvador - a população é a prioridade no momento.

Estes são os pontos do documento  assinado:

1 - Rever o CET dos Praças na proporção de 25% para os praças na função administrativa, 45% para os praças operacionais e em 60% para os motoristas;
2 - Retirada para nova discussão da proposta do Código de Ética e rediscussão das propostas do Estatuto e Plano de carreira, os quais devem se encaminhados com a máxima urgência à Assembleia Legislativa da Bahia;
3 - Rever os projetos administrativos relacionados a mobilização de 2012;
4 - Regulamentar o art.92, nas bases a serem negociadas com o Governo do Estado, Associações e PM, abrindo as negociações no dia 16/04/2014.( Correio da Bahia)

0 09:31 - 15 de Abr // Elaine Brito | Política

  Amenizar o tempo de espera em procedimentos de média e alta complexidade realizados pelo SUS (Sistema Único de Saúde) não apenas na capital baiana, mas em todo estado foi a tônica da audiência pública idealizada pelo deputado estadual Alan Sanches (PSD), no plenário da Assembleia Legislativa, nesta segunda-feira (14). Durante o debate, representantes das secretarias municipal e estadual de Saúde admitiram as dificuldades, porém se comprometeram a buscar soluções.  O Ministério Público e a Defensoria Pública também marcaram presença. 

Médico por formação e integrante da comissão de Saúde e Saneamento básico no parlamento, o deputado foi incisivo ao questionar, dentre outros assuntos, o tempo de espera de procedimentos, como uma eletroneuromiografia (exame diagnóstico realizado por médicos neurologistas e utilizado por neurologistas, neurofisiologistas, ortopedistas e fisiatras na avaliação dos nervos e músculos), cuja reivindicação tem sido grande. Alan Sanches não escondeu a surpresa com o anúncio da Secretaria Municipal de Saúde (SMS) de que o procedimento não está sendo realizado e já existem cerca de 4 mil pacientes na fila de espera. O motivo seria a tabela do SUS, cujos profissionais se recusam a atender.

"Situações como esta não podem acontecer. Sabemos que o setor de saúde em Salvador é sobrecarregado por ser o pai maior do estado, porém o fluxo da regulação precisa ser resolvido entre prefeitura e governo. Se um paciente, por exemplo, vai a um posto de saúde e é diagnosticada a necessidade de cirurgia ele precisa procurar um hospital, ser internado para ser operado", destacou o deputado, complementando que a saúde é um direito de todos constituído por lei.

O superintendente de Gestão dos Sistemas de Regulação da Atenção à Saúde (Suregs), Andrés Alonso, que representou o secretário estadual de Saúde Washington Luís Silva Couto, enfatizou que não estava lá para mascarar dados e que em Salvador todo o atendimento de urgência e emergência é realizado em unidades estaduais, porém apesar do entrave financeiro, a meta é maior articulação entre as duas centrais de regulação (municipal e estadual).

A prefeitura, por sua vez, através da coordenadora de Regulação e Avaliação, Ana Dortas, afirmou que a SMS já trabalha com o projeto de centrais de regulação com formatos diferenciados, como forma melhorar as filas de esperas, bem como buscar soluções para a tabela do SUS. (Ascom Dep. Alan Sanches)

1 07:39 - 15 de Abr // Léo Valente | Política
Primeiro foi o pagamento de R$ 360 mil em quentinhas num só restaurante. Agora, a nova sacudida nos cofres públicos da Prefeitura de Santo Antônio de Jesus é o gasto exagerado de mais de R$ 2 milhões na contratação de empresas de consultoria e assessoria para diferentes áreas da prefeitura. A ação do Executivo veio à tona depois que o vereador Uberdan Cardoso (PT) distribuiu cópia da lista de Contratos e Aditivos da administração durante a sessão da Câmara de ontem, quarta-feira (14), e denunciou os gastos excessivos, causando burburinho, primeiro, pelo alto valor pago e segundo pela falta de processo licitatório.
As consultorias servem a diversos setores e áreas da administração, como contabilidade e finanças, planejamento orçamentário para a secretaria de Saúde, assessoria jurídica e tributária, engenharia, arquitetura, licitações e compras, e até consultoria em gestão. Chama a atenção, o contrato da prefeitura com a empresa Brasil International Business Institute (IBI), que recebeu em 2013, durante seis meses, R$ 78.960 para consultoria. A empresa tem sede em Curitiba, no Paraná.
As contratações, segundo o vereador Uberdan Cardoso, são sem licitação e têm um custo estimado em R$ 2.076.844,00 (Dois milhões, setenta e seis mil, oitocentos e quarenta e quatro reais) em um ano. A manobra, porém, é prevista pela Lei nº 8.666, de 1993. Nela, ficam definidas como categorias de ‘inexigibilidade’ as hipóteses de contratações para ‘pareceres, perícias e avaliações em geral’; ‘assessorias ou consultorias técnicas e auditorias financeiras ou tributárias’ e ‘patrocínio ou defesa de causas judiciais ou administrativas.Texto: Cristina Pita. 
Assista ao vídeo do discurso feito pelo vereador Uberdan Cardoso:

 

0 06:34 - 15 de Abr // Léo Valente | Política

Em sessão ordinária realizada na noite de segunda feira ( 14 ) na Câmara Municipal de Santo Antônio de Jesus, o vereador Uberdan Cardoso relatou, no plenário do Legislativo, denúncias com relação a gastos com supostos gastos com serviços públicos por parte do poder público municipal que não teriam sido devidamente esclarecidos.

Para o serviço de assessoria e consultoria técnica no gerenciamento das informações a serem transmitidas ao Sistema Integrado de Gerenciamento e Auditoria (SIGA) do Tribunal de Contas do Município (TCM), ele apontou ter a prefeitura contratado duas empresas. A Consiga Assessoria e Consultoria, por R$ 6.46; e a Staf Tecnologia Ltda, por R$ 8.907 por
um ano.

“Apenas para transferência de dados, em outros municípios, as prefeituras pagam R$ 4 mil mensais”, lamentou Uberdan Cardoso. De acordo com o vereador, a prefeitura fere os princípios da razoabilidade, economicidade e moralidade administrativa. “Para a prefeitura gastar tanto com consultoria e assessoria, ou o gestor da pasta não tem capacidade ou se está alocando o que deveria ser para os funcionários públicos e não para apadrinhados”, denunciou.

Uma das beneficiadas com as consultorias e assessorias é a secretaria municipal de Infraestrutura que tem um engenheiro ontratado pela prefeitura apenas para fiscalizar as obras da secretaria, recebendo  para isso R$ 6.100 por mês. Além do engenheiro, um agrimensor foi contratado por R$ 5 mil por mês apenas para dar apoio ao Plano Diretor de  Desenvolvimento Urbano do Município (PDDU) na mesma secretaria.

Outra contratação milionária foi da empresa PI Serviços Contabilidade Pública, de Salvador, que recebe por mês R$ 26.153,23, para serviços técnicos de assessoria e consultoria contábil.

 

0 06:23 - 15 de Abr // Léo Valente | Política

A legalidade das contratações, porém, não amenizou a polêmica e os
vereadores questionam o assunto. “A lei até permite contratação sem
licitação, mas só em caso da empresa contratada comprovar notória
especialização. Mas isso quando uma secretaria ou outro órgão requer,
para um problema de difícil solução. A prefeitura, por exemplo, já tem
três procuradores e uma controladoria jurídica. Será que o quadro de
funcionários não possui pessoal habilitado?”, lamentou o vereador.
Uberdan Cardoso informou que colheu as informações no Diário Oficial
do Município (DOM).

As principais críticas são sobre as ausências de processo

 licitatório
e os valores pagos pelas consultorias. Uberdan Cardoso e os demais
vereadores exigiram que o prefeito apresente informações sobre ‘a
necessidade das consultorias e profissionais diante da existência de
funcionários qualificados’.  A explicação é necessária mesmo nos casos
nos quais houve licitação para a contratação, já que os gastos com
consultorias explodiram esse ano.  “Contratos de consultoria a peso de
ouro”, argumentou Uberdan Cardoso. “Por que contratar mais advogados
se o município já conta com uma Procuradoria?”, questionou.
O setor, com três advogados, tem mais de R$ 30 mil destinados
mensalmente para a folha de pagamentos. “A prefeitura tem três
procuradores jurídicos que recebem R$ 10 mil por mês cada um. Mesmo
assim contratou cinco empresas de consultoria jurídica que recebem
juntas mais de R$ 572 mil. Uma delas recebe por mês R$ 9.500 apenas
para responder às diligências do TCM, que são feitas de três
 em três
meses e não mensalmente, e quem faz isso é a assessoria contábil.
Ainda contratou dois advogados, que recebem R$ 3 mil por mês”,
denunciou Uberdan Cardoso.

Um dos contratos para assessoria jurídica da prefeitura beneficia um
escritório de advocacia ligado a um deputado estadual do grupo do
prefeito. “O irmão do deputado é sócio desse escritório e o próprio
deputado, que é advogado, atende lá. O escritório recebe R$ 16 mil por
mês da prefeitura”, destacou o vereador Délcio Mascarenhas (PP). O
vereador Antônio Nogueira lamentou que os gastos não sejam investidos
em obras na cidade. “R$ 2 milhões gastos em consultorias. Agora, para
pagar auxílio transporte e alimentação, a prefeitura quer dar a
metade. Nosso dinheiro descendo pelo ralo”, lamentou.
0 09:44 - 14 de Abr // Elaine Brito | Política

Ao formalizar que Marina Silva será candidata a vice-presidente, o PSB dará início nesta terça-feira (15) a um esforço para tentar acelerar a transferência de votos da ex-senadora para Eduardo Campos.

O ato, em Brasília, abrirá uma nova etapa na trajetória da dupla, que agora lutará para se aproximar de Aécio Neves (PSDB) na disputa pelo segundo lugar na corrida ao Palácio do Planalto. A prioridade é deixar claro que Campos será o cabeça de chapa e sinalizar aos financiadores de campanha que ele tem chance de ultrapassar o tucano e chegar ao segundo turno contra a presidente Dilma Rousseff (PT).

Se fosse candidata a presidente, Marina teria hoje quase o dobro dos votos do aliado. Ela chega a 27% no cenário com Dilma e Aécio. Quando Campos aparece como candidato, alcança apenas 10% no cenário com os nanicos, aponta o Datafolha. (BN)

0 06:23 - 14 de Abr // Léo Valente | Brasil

O horário do debate presidencial na Globo, marcado para o dia 2 de outubro, provocou uma onda de reclamações das campanhas de Aécio Neves e Eduardo Campos. O receio era que a emissora repetisse as eleições para prefeito em 2012, quando levou o programa ao ar bem tarde – após a exibição de uma minissérie.

Desta vez, a Globo aceitou realizar o debate logo depois da novela das nove.

0 19:48 - 11 de Abr // Léo Valente | Política

Participando do programa Estúdio Livre, vereadores do grupo do prefeito Humberto Leite deixaram em suspense a possibilidade de apoio do alcaide à pré candidatura do candidato de Wagner, Rui Costa na campanha para o Governo do Estado.

O vereador Marcos Muniz , por exemplo, citou a necessidade de "apoio em forma de obras" ao comentar a respeito do posicionamento do grupo. " Temos que seguir o que diz o líder do grupo que é o prefeito. Eu não posso dizer que o prefeito tenha se definido.  Vai depender muito se houver obras. O prefeito quer trabalho para o seu povo. Caso contrário, o prefeito ainda não decidiu o seu apoio, tenho certeza que ainda não", ressaltou Chispita.

Já o líder da bancada governista na Câmara, Chico de Dega, foi ainda mais incisivo ao dizer que "não agradou ao grupo a indicação de João Leão para a vice".  " O prefeito Humberto Leite recepcionou a caravana de Wagner e seus pré candidatos quando ainda havia a possibilidade do colega de PDT Marcelo Nilo compôr a chapa. Depois disso há uma nova discussão", afirmou.

Celso Rommel/ Blog do Valente

1 15:13 - 11 de Abr // Elaine Brito | Política

O governo da Bahia se antecipou e, para evitar desgastes em ano de eleição – como aconteceu em ano de disputa pela prefeitura, com os professores –, já apresenta um plano em resposta aos quetionamentos da Polícia Militar da Bahia, que promete paralisação, caso não haja acordo. As novidades foram apresentadas durante coletiva, na manhã desta sexta-feira (11). Em paralelo, uma reunião com a categoria acontece na Secretaria da Segurança Pública (SSP), para esmiuçar o projeto. O governador adiantou que novo processo de promoção de praças e oficiais, emancipação do Corpo de Bombeiros, Código de Ética, aposentadoria especial para as policiais militares femininas, criação de novas unidades na PM e no Corpo de Bombeiros. Um gasto de R$ 45 milhões a mais para os cofres estaduais. "Eu creio que depois de sete, oito meses depois de negociação, ontem foi um dia histórico para a PM. Não estou dizendo que chegamos ao final, mas são muito significativas essas mudanças que estamos fazendo", pondera. Em nota, a categoria disse que vai avaliar e não descarta, ainda, uma paralisação. Eles dizem que "a modernização debatida e apresentada pelas associações não foram atendidas", informaram. Wagner rebate. "É evidente que em ano eleitoral sempre acontece. Mas eu tenho que respeitar a Lei da Responsabilidade Fiscal e, reitero, que não existe, em nenhum outro governo, progressão como eles tiveram nos últimos sete anos. Eu espero que mesmo querendo ganhar mais os soldados e bombeiros reconheçam isso", balizou o governador. (BN)

0 14:58 - 11 de Abr // Elaine Brito | Política

A presidente Dilma Rousseff defendeu nesta sexta-feira (11) os investimentos que o governo tem feito para a Copa do Mundo e disse que os benefícios ficarão para os brasileiros após o fim do megaevento.

A petista comparou a melhoria da infraestrutura do país aos preparativos para receber convidados em casa. “As obras, rigorosamente falando, atendem à Copa, mas elas não são para a Copa, elas são para o povo desse país, para o povo desse estado. Quando a gente vai dar uma festa na casa da gente, você dá uma melhorada na casa, quando vai ter o casamento, você pode até dar uma ampliada na casa, mas todos os benefícios ficam para quem mora na casa, e é isso que acontece conosco”, analisou, em discurso durante cerimônia de inauguração de um sistema de tratamento sanitário em Porto Alegre (RS).

Dilma citou as obras dos aeroportos internacionais da capital gaúcha e de Brasília como exemplos de intervenções motivadas pela realização da Copa, mas que terão impactos posteriores. “Não tem a ver  com Copa, mas com nossa situação concreta. A taxa de crescimento de pessoas que procuram avião é bastante significativa. Para vocês terem uma ideia, hoje, no Brasil, 100 milhões de passageiros utilizam por ano esse sistema de transporte”, avaliou. (BN)

0 10:03 - 11 de Abr // Elaine Brito | Política

Depois de muita negociação, o ex-ministro Geddel Vieira Lima (PMDB) aceitou compor a chapa da oposição como postulante a uma vaga no Senado na disputa eleitoral deste ano. Paulo Souto (DEM) foi o escolhido para concorrer a governador, tendo Joaci Góes (PSDB) como possível vice. 

Contudo, ficaram algumas dúvidas a respeito dos acordos que foram feitos para se chegar à conformação final da chapa. Em entrevista concedida, nesta sexta-feira (11), ao programa “Acorda pra vida” da Rede Tudo FM, Geddel conversou sobre sua decisão de aceitar a concorrência ao Senado. “Eu tomei a decisão que tinha que tomar, estou feliz. Governo é destino, não era minha hora, se tiver escrito nas estrelas... [...] A forma que eu tenho de ajudar a Bahia, agora, é na liderança nacional. O que não deu certo, não deu certo. Estou feliz, alegre, sem carregar nenhuma frustração”.

O ex-ministro contou que convidou o advogado Joaci Góes depois de ter assistido uma palestra em que ele falava sobre Educação. “O Joaci fez uma palestra sobre Educação que me impressionou profundamente. [Ele dizia] É muito importante distribuir renda. Mais importante é distribuir Educação, fazer projeto de Educação. [...] Ele é um homem corajoso, polemista, é um homem de cultura, que foi relator do Código de Defesa do Consumidor...Pensei, pensei e liguei para ele”, contou. “O PMDB lhe apadrinha e eu tenho certeza que o PSDB vai aplaudir”, afirmou quando Joaci aceitou o desafio.

Sobre o ex-deputado federal Leur Lomanto (PMDB) assumir a Secretaria de Urbanismo e Transportes de Salvador (Semut), Geddel disse que não teve muita negociação, que foi mais um gesto do prefeito ACM Neto, o qual já conhecia o trabalho do ex-deputado. “Eu não faço negociação às escondidas na política. Eu sou uma figura absolutamente clara”, declarou Geddel. Ele afirmou, ainda, que aceitou compor a chapa pelo fato de acreditar que o grupo vai mostrar “que ACM Neto está fazendo uma bela administração, em Salvador, e que isso pode ser feito na Bahia”.  (BN)

1 20:57 - 10 de Abr // Léo Valente | Política

Um clima quente entre vereadores santoantonienses aconteceu durante debate no programa Estúdio Livre da quinta feira ( 10 ). Com o tema circulando em torno da expectativa da campanha eleitoral para o Governo do Estado, as presenças dos edis Chico de Dega, Uberdan Cardoso e Marcos Muniz, o popular Chispita, foi garantia de polêmica formada nos microfones, especialmente quando se tocou no assunto do apoio do PT à campanha para eleição do atual prefeito Humberto Leite.

Em determinado momento do debate, o petista Uberdan Cardoso comentou a respeito de afirmações do vereador Chispita de que o PT de Santo Antônio de Jesus "estaria sempre em busca de apoio, sem ceder para apoiar ninguém". Ele deixou no ar um clima de expectativa ao anunciar que tem assunto de alta gravidade para levar ao plenário do Legislativo municipal.

" O prefeito Humberto Leite, uma vez eleito, não cumpriu com nada que prometeu em um acordo assinado com a gente. Segunda feira vai ter denúncia que vou fazer na Câmara. Eu não vou me calar em nome de uma coligação falsa. A situação em Santo Antônio está feia. Achamos que uma parceria de Humberto com o pré candidato Rui Costa é importante mas não significa que eu ficarei calado por causa disso.Não vou aceitar chantagem de que o prefeito não apoiaria Rui porque tem aqui um vereador que e contra ele", afirmou Uberdan.

O vereador Chico de Dega, por sua vez, respondeu dizendo que o vereador Uberdan estaria "desequilibrado". "Eu não gostei da colocação da colocação do vereador, até porque ninguém aqui é chantagista. Ele está desequilibrado. Política se faz é com pé no chão. Apoio é importante e nós sacrificamos dois companheiros nossos para eleger gente do PT. Humberto convidou o PT para fazer parte da secretaria de Educação e isso mostra que ele cumpriu compromissos assumidos ", retrucou em resposta ao petista.

Na sua parcela de polêmica, Chispita também saiu atirando : " Eu vejo que Uberdan faz todas essas denúncias agora, mas quando o carro da Câmara bateu, virou e acabou ele falou o quê? Ele esqueceu. Então ele não tem toda essa serenidade que está falando. Eu quero que as pessoas saibam que ele não é tão transparente assim", afirmou.

Ao que tudo indica, a sessão da próxima segunda feira ( 14 ) na Câmara Municipal deverá funcionar como novo round desse acirrado embate político.

Celso Rommel / Blog do Valente

 

 

0 07:35 - 10 de Abr // Elaine Brito | Política

Com mandato cassado pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE) em 2012, a ex-prefeita de Candeias, Maria Maia, terá que devolver ao erário municipal, com recursos próprios, R$ 2.203.506,17. A quantia foi retirada da conta do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb) sem comprovação de despesas.

A devolução dos valores foi determinada na sessão desta quarta-feira (9), no pleno do Tribunal de Contas dos Municípios do Estado da Bahia (TCM-BA). Além de aplicar multa de R$ 8 mil, o relator do processo, o conselheiro Raimundo Moreira, estabeleceu também que seja encaminhada uma representação ao Ministério Público Estadual (MP-BA) por improbidade administrativa. À decisão ainda cabe recurso. Coube também à atual administração a devolução à conta do Fundeb, com recursos do município, de R$ 1.250.989,34, por conta de desvio de finalidade na aplicação da verba.

As despesas também não têm comprovação, neste caso. Maria Maia alegou ao TCM que não teve acesso aos documentos municipais por não exercer mais o cargo e por questões políticas. Ela teve seu mandato cassado por abuso do poder econômico, gastos não contabilizados de campanha (caixa 2) e recebimento de R$ 266 mil de uma doadora que morreu nos Estados Unidos quatro anos antes das eleições de 2011. (BN)

0 06:38 - 10 de Abr // Léo Valente | Política

O vereador Tom veio à público afirmar que  "falta gestão na administração municipal de Santo Antônio de Jesus".   A critica do edil foi por ele justificada pelas numerosa quantidade de queixas que os cidadãos estariam relatando nas emissoras de rádio.

" Isso é rotineiro. Os ouvintes ligam para dizer que chegam nos postos de saúde e não conseguem atendimento.  As pessoas vão marcar seus exames e não conseguem data. No carnaval disseram que teria atendimento para o povo mas quem foi procurar a saúde pública não encontrou nada", acusou Tom, que ainda apontou a grande quantidade de secretários que já ocuparam seguidamente várias pastas da prefeitura sem obter soluções para os problemas constantes.

O edil ainda enfatizou o caso das quentinhas, denúncia que deixou no ar um problema ainda mal explicado na administração municipal.  " Cadê a relação dos funcionários beneficiados com as quentinhas? São mais de trezentos mil reais gastos, equivalente a mais de sete mil quentinhas.  A secretária ficou de vir à Câmara Municipal explicar isso mas até agora, nada. Será que vai ficar por isso mesmo?  E ainda tem secretário que diante de uma situação criminosa ainda vem dizendo que quem está comendo as quentinhas seria determinado radialista.  Isso é inadmissível"

Em entrevista à rádio Recôncavo, o vereador também denunciou problema da falta de água e estradas inacessíveis na zona rural. " Fico preocupado com o futuro de Santo Antônio de Jesus porque a cidade não pode ficar limitada em festa de São João, enquanto não se encontra equipamento para atendimento nos postos de saúde e as escolas estão carecendo de reforma, mesmo o município recebendo milhões do Fundeb", afirmou.

 

0 08:21 - 09 de Abr // Léo Valente | Política

Após presidir sessão ordinária na terça feira ( 08 ) o vereador e vice presidente do Legislativo municipal Albino Martins falou de política em entrevista ao repórter Antônio Carlos.  Evasivo e diplomático, Bino preferiu deixar no ar se realmente deverá se candidatar a presidência da Câmara Municipal. O tema tem sido constantemente trazido à tona quando já se aproxima o final da gestão Marcos Có.

Para o vereador, o momento ainda seria de indefinição. " Não posso dizer se serei candidato. Se meus colegas quiserem pode até ser, mas isso é um direito que cabe aos 14 vereadores", afirmou.

Bino ainda analisou os comentários que se fazem nos bastidores de que ele poderia sair candidato do prefeito Humberto Leite ou do ex prefeito Euvaldo e criticou a postura radical de alguns políticos. " Se eu sair candidato vai ser em nome dos vereadores. Eu não votei em Wagner nem em Humberto mas torço para que eles façam um bom governo. Se você for radical em um projeto que quer o bem para a nossa cidade, para que você votar num elemento desse?  Acho que todo mundo aqui quer o bem de Santo Antônio de Jesus".

0 06:39 - 09 de Abr // Léo Valente | Política

Após sessão ordinária, o vereador Francisco Freire ( popular Dr. Francisco ) comentou, em entrevista ao repórter Antônio Carlos, a respeito da pauta levantada no plenário do Legislativo municipal, que enfocou, dentre outros temas, os cinquenta anos do golpe militar no Brasil. " A professora Cristina foi feliz especialmente para pessoas que não conheciam direito o que aconteceu naquela época, para que as pessoas possam entender.  Esta Câmara está de parabéns e outras instituições deveriam convidar a professora para que ela tivesse outras oportunidades de nos brindar com seu conhecimento", comentou o edil.

Na ocasião também proferiu palavra o padre Nelson Franca, que abordou o tema da Campanha da Fraternidade 2014. O vereador elogiou a fala do pároco, a quem qualificou como pessoa de "rara sabedoria".   Dentre os temas da campanha deste ano abordados pelo padre Nelson  na Câmara figuram o tráfico humano, tráfico de órgãos e todo tipo de exploração sexual, como fatores de grande sofrimento na humanidade.

0 21:07 - 08 de Abr // Leozinho Valente | Bahia

O início entusiasmado dos partidos da oposição ao projeto petista na Bahia foi assentando com o passar do tempo e a dificuldade de se chegar a um , ou melhor, a três denominadores comuns parece não ter fim.

A situação chegou a um ponto em que a possiblidade de ruptura do PMDB e DEM/PSDB parece ser mais provável que a de união. A unidade anunciada no ano passado parece improvável.

A escolha do prefeito ACM Neto (DEM), ancorada nas pressões intramuros partidário e na dos aliados do PSDB, por Paulo Souto na cabeça da chapa frustrou as expectativas de Geddel Vieira Lima (PMDB).

O ex-ministro da Integração Nacional, neste momento, optou pela resiliência. Embora garanta que diretamente não foi informado da decisão do coordenador do processo ACM Neto, os sinais são claros e o ex-governador demista dificilmente não será candidato.

Com o comportamento considerado, não sem razão, como explosivo, o peemedebista deu sinais de que pode ter amadurecido nos últimos anos e preferiu não se pronunciar sobre os caminhos que poderá tomar em caso de confirmação da candidatura de Paulo Souto.

No meio político não se descarta nenhuma possibilidade. Entre elas aparecem o apoio de Geddel à chapa do DEM, indicando o vice e o ocupando a vaga de senador ou apenas postulando o Senado e mantendo os tucanos na vice.

O rompimento e consequente voo solo, ainda que esta seja uma decisão difícil diante da resistência confidenciada por peemedebistas. Algumas lideranças do partido, principalmente no interior, acreditam que desde a saída do governo Jaques Wagner perderam espaço e avaliam a aliança com Neto como estratégica para retomar o crescimento.

Caminhar com Lídice é um caminho. Ainda que remota mesmo com o suposto endosso do presidenciável socialista Eduardo Campos.
Aparecem ainda como possiblidades ser candidato a deputado federal ao lado do irmão Lúcio Vieira Lima ou sair a deputado estadual.

Ainda há uma hipótese que começa a ganhar força nos bastidores a despeito de parecer remota. Alguns correligionários de Geddel pensam em lançar candidatura solo e no segundo turno apoiar Rui Costa.

Por enquanto o ex-ministro garante uma única coisa: vou pensar, refletir e decidir aquilo que considerar, ao lado dos aliados, o melhor caminho para a Bahia.

Fonte:Bocão News
0 10:57 - 04 de Abr // Elaine Brito | Política

A deputada federal Manuela D' Ávila (PCdoB-RS) pediu à Procuradoria Geral da República (PGR) que seja instaurado um inquérito policial para investigar ameaças de estupro direcionadas a ela feitas por uma perfil no Twitter.

As mensagens foram disparadas na última segunda-feira (31). Na semana passada, a parlamentar aderiu à campanha "Eu não mereço ser estuprada". "Essa foi a primeira vez que recebi uma ameaça de estupro.

Resolvi recorrer à PGR porque trata-se de um tema muito sério, além de ser uma forma de encorajar outras pessoas que já passaram ou vão passar por casos como esse", disse a comunista. (BN)

0 07:28 - 04 de Abr // Elaine Brito | Política

A exoneração do secretário da Comunmicação, e, agora, pré-candidato do PT, a Câmara Federal, Robinson Almeida (PT), foi publicada na edição do Diário Oficial desta sexta-feira (4).

Assim como também a nomeação de Marlupe Ferreira Caldas, para responder pela Secom. A transmissão de cargo acontece às 9h, no gabinete de Robinson. O ato, que aconteceria em um outro espaço e que teve a imprensa convidada, foi enxugado, por orientação jurídica, já que o, agora, ex-secretário, já é candidato e pode haver interpretação na Lei eleitoral, de que já esteja fazendo campanha, em plena entrega de cargo. (BN)

0 22:29 - 02 de Abr // Léo Valente | Opinião

Já se começa a articulação na disputa pela presidência da Câmara de Santo Antônio de Jesus.  A peculiaridade que só acontece na cidade capital do recôncavo é que a eleição pode ser realizada em qualquer momento até o o último dia do mandato do presidente do Legislativo e isso é muito interessante para quem está no comando da Câmara. Como exemplo, tivemos Délcio Mascarenhas que ficou seis anos consecutivos no cargo de presidente, cultivando amizades e utilizando as vantagens do regimento, sempre convocando a eleição quando ele estava bem com seus pares.

Agora o vereador veterano Albino Martins divulga sua intenção de sair candidato à presidência buscando o apoio do grupo de Euvaldo, com os votos dos edis Fátima do Benfica, Dema do Leite, Tom e Délcio. Na oposição ele afirma contar com os votos de Uberdan e Luis do Alto, somando sete votos - incluindo o do próprio Bino.

Por outro lado, Albino também vem sendo estimulado pelo grupo do prefeito Humberto Leite para sair candidato, contando em tese com os votos de Sargento Vinícius, Dr. Francisco, Cristiano Sena, Marcos Muniz, Gilson Bastos e Chico de Dega - outra conta que dá sete, com o voto do postulante.

Se o namoro de Bino com o grupo de Humberto terminar em casamento haverá uma disputa cerrada entre oposição e situação pela presidência da casa com um placar até o momento de sete a sete. No critério do desempate, Bino é mais velho e tem a mesma quantidade de mandatos que Délcio, o possível candidato euvaldista, nesta hipótese.

O grupo do prefeito tenta também ganhar o apoio do vereador Luis do Alto. As conversas acontecem nos bastidores. Um viés nessa negociação é a pessoa do deputado João Leão, que foi peça fundamental na articulação da eleição de Marco Có. Leão agora é candidato a vice fovernador e  precisa do apoio de Humberto Leite. O prefeito , de vez em quando, alega nos bastidores que "não tem nada a perder com o Governo do Estado", dizendo que "não tem cargo nenhum e não participa da partilha da administração Wagner em Santo Antônio de Jesus".

Quem vota em quem?

Tem gente que acha muito difícil Uberdan votar em Délcio Mascarenhas. Numa  tendência diferente, o vereador Marcos Có não nega a possibilidade de também participar da disputa pelo grupo euvaldista, já que faz um trabalho que tem recebido elogios inclusive no grupo do prefeito.

Mas como ficaria o PT nesta contenda?  Lideranças do partido já discutem a possibilidade de não votar nem em Bino nem em Délcio. Outra versão diz que Uberdan já teria sinalizado votar no candidato da oposição se Cristiano Sena votar no candidato da situação.

Enquanto Albino Martins joga para a platéia dizendo que está em busca de apoio do grupo de Euvaldo, nos bastidores comenta-se que o vereador já está sendo cortejado pelo grupo de Humberto, procurando na verdade é um motivo para um possível rompimento, com destino à adesão governista.

Um detalhe que não pode ser desprezado é a experiência de Délcio em disputas à presidência. Na outra raia, Humberto continua trabalhando para aglutinar novos simpatizantes.

Para arriscar um palpite, eu diria que o resultado dessa concorrida luta política pelo comando da casa do povo só deverá sair mesmo em dezembro.
Talvez no último dia permitido pelo regimento.

Léo Valente

0 21:48 - 02 de Abr // Leozinho Valente | Bahia

O Tribunal de Contas dos Municípios (TCM) decidiu rejeitar as contas da prefeitura de Santa Luzia, na gestão de Ismar Santana (PTB), relativas ao exercício de 2012, o que soma quatro contas reprovadas em dois mandatos.

O relator do parecer, Conselheiro Fernando Vita, solicitou a formulação de representação ao Ministério Público Estadual contra o gestor, determinou o ressarcimento aos cofres públicos municipais da importância de R$ 670.464,52, com recursos próprios, pela ausência de comprovação de despesa, e imputou multa de R$ 20 mil por irregularidades remanescentes. Ainda cabe recurso da decisão.

Fonte:Bocão News

 
0 21:01 - 02 de Abr // Leozinho Valente | Brasil
Com a dificuldade de adequar a programação das emissoras à exibição de jogos da Copa do Mundo e da propaganda eleitoral obrigatória, associações de empresas de rádio e TV solicitaram ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) a flexibilização do horário determinado para veiculação das peças publicitárias. As associações de Emissoras de Rádio e Televisão (Abert) e de Radiodifusores (Abra) pedem que, entre 12 de junho e 13 de julho, as inserções possam ser veiculadas entre 18h e 24h. A legislação eleitoral determina que as inserções sejam divulgadas entre 19h30 e 22h. A Abert e a Abra solicitam, ainda, que as propagandas em bloco nacional que estão autorizadas a ser transmitidas em 19 de junho sejam antecipadas para o dia 10 do mesmo mês. As entidades argumentam que o horário de início dos jogos, a possibilidade de extensão de sua duração, devido a possíveis prorrogações e cobrança de pênaltis, e a cobertura jornalística das partidas, que alteram a programação das emissoras, são incompatíveis com a exibição da propaganda. A solicitação é apreciada pelo ministro Henrique Neves.
Fonte:Bahia Notícias
0 20:31 - 02 de Abr // Leozinho Valente | Brasil

O juiz Victorio Giuzio Neto, da 24ª Vara Civil da Justiça Federal de São Paulo, disse não ser possível afirmar que a União está sendo lesada ao obrigar a Petrobras a vender gasolina mais barata para evitar um aumento na inflação. A declaração veio em despacho em um processo ajuizado pelo deputado estadual paulista Fernando Capez (PSDB), que quer obrigar a estatal a revelar a metodologia usada para definir os preços dos combustíveis. Nesta quarta-feira, o juiz Giuzio Neto mandou citar a estatal, que tem agora cinco dias para se manifestar sobre o assunto. Segundo a assessoria de imprensa da Justiça Federal em São Paulo, amanhã deve ser publicada no Diário Oficial a decisão do magistrado, que por enquanto não julgou o mérito da ação. Procurada, a assessoria de imprensa da Petrobras disse que ainda está levantando informações sobre o caso e que a companhia ainda não tem uma posição oficial sobre o assunto. Segundo uma cópia do despacho de Giuzio Neto enviada pela assessoria de Capez, o magistrado diz que “já teve oportunidade de ler, amiúde, que o preço da gasolina atualmente é inferior ao seu custo de aquisição pela Petrobras”. Ele lembra, entretanto, que um aumento nos preços dos combustíveis “constitui forte elemento psicológico de consequências inflacionárias”. Assim, Giuzio alega que o preço da gasolina “deve levar em conta outros elementos, em contexto de uma política econômica realizada com a finalidade de evitar descontrole inflacionário”. “Existe uma interligação tão grande de determinados preços na economia com o fenômeno inflacionário que é impossível, em princípio, concluir pelo prejuízo da União pelo fato da gasolina não ser vendida, em dado momento, pelo preço real”, explica.

Fonte:Política Livre
0 20:30 - 02 de Abr // Leozinho Valente | Bahia

Apesar de ter tido seu conteúdo pouco explorado, a reunião que a executiva estadual do DEM realizou ontem decidiu que a candidatura do ex-governador Paulo Souto à sucessão estadual é irreversível. Os líderes democratas avaliaram que ele merece ser o candidato, em primeiro lugar, por liderar as pesquisas.

Também concordaram que o ex-governador sai especialmente fortalecido por pertencer ao DEM, partido do prefeito de Salvador, ACM Neto, e do de Feira de Santana, José Ronaldo, que comandam os dois maiores colégios eleitorais do Estado e defendem a candidatura do ex-governador.

Outra vantagem de Souto é ter o apoio do PSDB, que já negociou a indicação do  ex-prefeito de Mata de São João, João Gualberto, à sua vice. Com o nome definido, os democratas pretendem agora construir um arco de apoios a Souto atraindo mais partidos para a aliança.

Eles também tentarão convencer o peemedebista Geddel Vieira Lima (PMDB) a integrar a chapa como candidato ao Senado. Caso Geddel não tope – já correm rumores de que o peemedebista vai montar sua própria chapa -, os democratas seguirão sem ele. Aliás, tudo indica que as oposições repetirão o que fizeram em 2o12.

Na campanha à Prefeitura de Salvador daquele ano, ACM Neto saiu inicialmente com o apoio do PSDB, do PV, que indicou sua vice, Célia Sacramento, e do PTN. A eles, o PMDB só se juntaria no segundo turno, mesmo assim dividido, uma vez que o ex-candidato Mário Kertész apoiou o então candidato do PT, Nelson Pelegrino.

Fonte:Política Livre

0 20:29 - 02 de Abr // Leozinho Valente | Brasil

O ministro da Secretaria de Comunicação Social, Thomas Traumann, disse hoje (2) que a presidenta Dilma Rousseff não teve acesso antecipado ao contrato de compra da Refinaria de Pasadena, no estado norte-americano doTexas, pela Petrobras. O jornal Folha de S.Paulo informou, nesta quarta-feira, que o contrato sobre a aquisição da refinaria foi enviado a Dilma e aos demais conselheiros da Petrobras com 15 dias de antecedência. Segundo a reportagem, Edson Ribeiro, advogado de Nestor Cerveró (então diretor internacional da estatal), disse que os conselheiros tiveram tempo hábil para examinar o contrato. Em nome da presidenta Dilma, o ministro Traumann negou que ela tenha tido acesso prévio ao documento. “Como presidenta do Conselho de Administração da Petrobras, a presidenta Dilma Rousseff não recebeu previamente contrato referente à aquisição da refinaria em Pasadena”, afirmou o ministro, há pouco, no Palácio do Planalto.

Fonte:Política Livre
0 11:54 - 31 de Mar // Elaine Brito | Política

O site do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia (TRE-BA) não aponta como registrada uma pesquisa encomendada pelo governador Jaques Wagner sobre a sucessão estadual, feita pelo instituto Babesp – mais conhecido como DataNilo, por ser do presidente da Assembleia Legislativa da Bahia, Marcelo Nilo (PDT).

Na última quarta-feira (26), o Democratas protocolou uma ação para pedir que o chefe do Executivo baiano pague uma multa de R$ 53 mil, por divulgar os números de um levantamento não registrado, em entrevista à Rádio Metrópole. No dia seguinte, ao ser questionado pelo Bahia Notícias sobre o fato, Wagner não desmentiu a informação da ausência de registro e disse que apenas“respondeu a uma pergunta”.

“Espero não ter ofendido a lei. Se a interpretação for essa, vou ter que pagar, como qualquer cidadão”, acrescentou o governador. Leia mais no Bahia Notícias.

0 07:19 - 31 de Mar // Elaine Brito | Política

O cantor Gilberto Gil declarou seu voto para presidente ao governador de Pernambuco, Eduardo Campos (PSB). O voto foi conquistado por conta da acordo entre Campos e a ex-senadora Marina Silva, líder da Rede, que deve ser anunciada oficialmente no dia 14 de abril como candidata a vice na chapa de Campos.

"Se eles mantiverem a parceria, como tudo indica que manterão, votarei nos dois", disse Gil para a Folha de S. Paulo. "Gil, o ex-ministro, continua a fazer política quase informalmente. E anda com fé atrás da ex-senadora Marina Silva onde quer ela vá", completou confirmando seu apoio incondicional a ex-senadora.

Gil, que já foi ministro da Cultura no governo Lula, disse que não aceitaria um cargo na gestão de Campo e Marina. "Pensando em hoje, não. Pensando em amanhã, não sei. Amanhã é amanhã. Amanhã será outro dia".

Apesar do apoio a Marina, o cantor classificou sua relação com a presidente Dilma como "de apreço mútuo, de pessoas que se gostam". (Bocão News)

0 22:20 - 30 de Mar // Leozinho Valente | Bahia
Candidato a uma vaga no Senado, o vice-governador Otto Alencar foi exonerado do cargo de secretário estadual de Infraestrutura, conforme publicação no Diário Oficial deste sábado (29). Otto também foi exonerado de conselhos e comitês dos quais fazia parte, como representante da Seinfra. A nomeação de seu substituto à frente da pasta, Marcus Cavalcanti, foi publicada na mesma edição do Diário. Já o candidato petista ao governo, Rui Costa, foi exonerado de diversos conselhos, comitês, comissões e grupos dos quais era integrante, na condição de representante da Casa Civil. A exoneração de Rui do cargo de secretário da Casa Civil, contudo, ainda não foi publicada. Em evento na última quinta-feira (27), Rui anunciou que seu último dia de trabalho à frente da pasta seria esta segunda (31). O petista retomará seu mandato de deputado federal.
Fonte:Bahia Notícias
0 17:12 - 30 de Mar // Elaine Brito | Política

Diante da atual crise do governo Dilma, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva discutiu com dirigentes do PT sobre a postura da atual chefe do executivo nacional. "A Dilma é que nem o Tite. Não deixa o time jogar", comparou, fazendo menção ao técnico que comandou o Corinthians entre 2010 e 2013 e que ficou com fama de induzir os jogadores a atuar na defensiva.

Segundo o jornal O Estado de São Paulo, Lula, que é publicamente torcedor do clube, fez a comparação entre Dilma e Tite para pelo menos três membros do partido. Ainda de acordo com o Estadão, Lula foi um dos “padrinhos” da escolha do deputado Ricardo Berzoini para assumir o Ministério de Relações Institucionais, no lugar da ministra Ideli Salvatti, que segue para a Secretaria de Direitos Humanos.

Com a troca, Lula espera que a presidente mude a forma como tem lidado com os problemas da gestão e que assuma uma posição de "bateu, levou", frente às críticas do senador Aécio Neves (PSDB-MG) e do governador de Pernambuco, Eduardo Campos (PSB), pré-candidatos à Presidência da República. Em reuniões do partido, Lula tem afirmado que Dilma precisa considerar mais o âmbito político e empresarial, se quiser a reeleição. (BN)

0 10:06 - 30 de Mar // Leozinho Valente | Brasil
O ex-presidente da Petrobras, José Sergio Gabrielli, disse neste sábado que não tem nada para comentar sobre a demissão de seu primo, José Orlando Azevedo. "A Petrobras é que tem que falar", afirmou em evento do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), na Bahia. Ele disse que foi ao Senado e falou por três horas "para explicar as estratégias e as razões econômicas da operação". "Desmontei a falsidade da informação que está sendo veiculada insistentemente dos US$ 42 milhões, do preço inicial, do US$ 1,1 bilhão do preço da refinaria. Expliquei que o mercado naquele momento era outro." Gabrielli afirmou ainda que o preço da refinaria, em termos de ativo, foi de US$ 486 milhões. "Isso, a 100 mil barris por dia, corresponde a US$ 4.860 por barril. Desafio qualquer analista a dizer que este preço está acima do mercado, mesmo com a disputa judicial." "O custo de refinaria foi de US$ 486 milhões, o US$ 1,2 bilhão corresponde ao custo da matéria prima adquirido, as garantias bancárias e o processo judicial. Portanto, não é custo da refinaria", completou. Ele argumentou ainda que é preciso ponderar que a refinaria está produzindo. "Se ela hoje produz 100 mil barris por dia, a US$ 100 dólares o barril, são US$ 10 milhões de faturamento diário. US$ 3,6 bilhões por ano de faturamento. Isso não conta?", pergunta. "A usina está dando lucro". Ele se defende ainda dizendo que a "exacerbação das informações é claramente campanha eleitoral da oposição contra a presidente Dilma Rousseff". Perguntado se iria à CPI da Petrobras caso seja convocado, disse que sim. "Devo ser um dos poucos que vai enfrentar duas CPIs", finalizou.
Fonre:Bahia Notícias
0 08:15 - 30 de Mar // Elaine Brito | Política

Acompanhada do governador Jaques Wagner, a presidente Dilma Rousseff participou da reunião anual do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), neste sábado (30), em Costa do Sauípe. O evento, que teve início na última quinta-feira (27), encerra neste domingo (30).

O governo do Estado informou que negocia com o BID operações de crédito no valor de US$ 424,7 milhões, para os setores de turismo, gestão e saúde. Estão em execução operações no valor de US$ 83,7 milhões em operações em execução, nas áreas de meio ambiente e desenvolvimento institucional. A Bahia já realizou projetos em parceria com o banco que somam mais de US$ 2,1 bilhões.

Durante o evento, o governador Jaques Wagner citou números da atividades dos sete anos de sua gestão e lembrou o Hospital do Subúrbio, que teve o modelo de gestão premiado pelo BID em abril do ano passado. Em sua fala, a presidente também destacou projetos realizados em parceria com o BID e os avanços realizados em seu governo. (BN)




Colunistas


Classificados